Egito e Israel

RESUMO DO ROTEIRO - LEITURA RÁPIDA.  

 EGITO:

CAIRO / PIRÂMIDES: QUÉOPS, QUÉFREN e MIQUERINOS / ESFINGE / MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO / MUSEU NACONAL DA CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA / SAÍDA EM DIREÇÃO AO MONTE SINAI / PASSAGEM PELO CANAL DE SUEZ (TÚNEL) / ROTA DA PEREGRINAÇÃO DO ÊXODO / MARA / *REFIDIM / MONTE SINAI E HOREBE / CAMINHADA AO TOPO DO MONTE SINAI / PARTIDA DO MONTE SINAI EM DIREÇÃO AO HOTEL ÀS MARGENS DO MAR VERMELHO, PRÓXIMO A FRONTEIRA COM ISRAEL NO GOLFO DE AQABA. / HOTEL NO MAR VERMELHO.

 

ISRAEL:

CONTROLE DE FRONTEIRA EM EILAT / ENTRADA EM ISRAEL / QUNRAM – CAVERNAS DO MAR MORTO / JERICÓ (TELL) / TIBERÍADES - PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA / MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS / TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES / CAFARNAUM / RIO JORDÃO – YARDENITE / MONTE DO PRECIPÍCIO / NAZARÉ / MEGIDO / VALE DO ARMAGEDOM / CANÁ DA GALILEIA / FONTE DE GIDEÃO / MONTE CARMELO / / CESAREIA MARÍTIMA / TEL AVIV / JOPE / JERUSALÉM / MONTE DAS OLIVEIRAS / PANORÂMICA DE JERUSALÉM E DO VALE DO CEDRON TANQUE DE SILOÉ / PILAR DE ABSALON / LOCAL ONDE JESUS CHOROU SOBRE JERUSALÉM / LOCAL ONDE JESUS FOI ORAR ANGUSTIADO NO GETSÊMANI E JUDAS DEU O BEIJO DA TRAIÇAO / CENÁCULO / TUMBA DE DAVI / RESTOS DA CASA DE CAIFÁS PARA ONDE JESUS FOI CONDUZIDO LOGO APÓS A PRISÃO NO GETSÊMANI E FOI JULGADO PELO SINÉDRIO / MAQUETE DE JERUSALÉM / SANTUÁRIO DO LIVRO / BELÉM / BETÂNIA / SILÓ / PORTÃO DE JAFFA / CAMPO DOS PASTORES / MURO OCIDENTAL (LAMENTAÇÕES) / PORTA DAS OVELHAS / TANQUE DE BETESDA / CIDADE VELHA / PORTÃO DE DAMASCO / JARDIM DA TUMBA / TEMPO LIVRE.

DIA 16 DE SETEMBRO CULTO NA SALA DE ORAÇAO DE JERUSALÉM - SEXTA FEIRA - 15 horas (Para quem desejar).

 

GRUPO EXCLUSIVO PARA MEMBROS DA CCB

 

ROTEIRO COMPLETO – LEITURA DETALHADA                                                                                                                                                                                                                  

1º DIA.  09/OUTUBRO/2023 (Segunda)

DIA DO EMBARQUE / AEROPORTO DE GUARULHOS – SP / EMBARQUE COM DESTINO AO EGITO.

Em horário previamente determinado, encontro com a equipe da Caprice Turismo no Aeroporto Internacional de Guarulhos - SP (TERMINAL 3).

Após os procedimentos de check-in, embarque em voo com destino ao Cairo – Egito, com conexão na Europa.

Assistência total da equipe CAPRICE TURISMO no aeroporto.

Acompanhamento de um guia da Caprice Turismo em todo o período da viagem

 

2º DIA. 10/OUTUBRO/2023 (Terça)

DESEMBARQUE NO CAIRO – EGITO

Conexão na Europa. Segue viagem com destino ao Egito.

Desembarque no Cairo - Egito e assistência de nossa equipe local no aeroporto.

Procedimento de visto e transporte em ônibus exclusivo ao grupo, com destino ao hotel.

Hospedagem e descanso.

INCLUSO: JANTAR.

 

3º DIA. 11/OUTUBRO/2023 (Quarta)

PIRÂMIDES: QUÉOPS, QUÉFREN e MIQUERINOS / ESFINGE / MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO.

VISITA AO SÍTIO ARQUEOLÓGICO DAS PIRÂMIDES EM GISÉ:

Após café da manhã, saída do hotel em ônibus privativo, com ar condicionado e guia local que fala português, para uma manhã “inesquecível” no Parque das Pirâmides em Gizé, para visitar o complexo das três grandes pirâmides do Egito.

 *Com entrada inclusa em uma delas “para os mais corajosos” e quem não tiver claustrofobia. A entrada será na que estiver liberada para visita interna.

O TOUR da Caprice Turismo pelo Parque das Pirâmides em Gizé (que é enorme) é diferente, sem correrias e feito a pé!  Afinal, trata-se de um lugar dos mais enigmático e espetacular da terra.

Pensando em seu sonho acalentado há anos, em conhecer este lugar, a CAPRICE TURISMO incluiu um plano especial de visitas ao complexo das pirâmides em Gisé para maior proveito.

 

TOUR A PÉ NO ENTORNO DE QUÉOPS:

Iniciaremos pela pirâmide de Quéops com explicações do guia local, e tempo para fotos. Depois exploraremos a pé iniciando pelo lado dos fossos dos barcos solares do faraó Quéops, onde passaremos ao lado das três pirâmides das rainhas, e sairemos logo atrás da grande Esfinge. Continuaremos andando até sairmos na pirâmide de Quéfren, onde você irá deparar com um cenário de cinema!

Neste caminho a pé mostraremos novidades, e, até mesmo quem já esteve nas pirâmides ficarão surpresos! A vista a local que poucos ou quase nenhum grupo visita, e é de tirar o fôlego de qualquer viajante. São segredos da Caprice Turismo para você!

Tempo livre para explorar o entorno da pirâmide de Quéfren.

Retorno para o ônibus, e seguiremos até a pirâmide de Miquerinos, onde teremos tempo para fotos...

Em seguida iremos de ônibus até um terreno mais elevado, para deslumbrar-se com uma maravilhosa vista das três pirâmides ao mesmo tempo.

 

VALE DA ESFINGE:

O final da visita será no vale da colossal ESFINGE e o Templo da Mumificação do Faraó Quéfren, ao lado da Esfinge. Passaremos pelo meio da sala de mumificação de época faraônica, e subiremos para ficar a 15 metros da cabeça da esfinge. É muito emocionante.

 

DESCRIÇÃO DAS PIRÂMIDES:

QUÉOPS: Nome antigo‎: ‎"Horizonte de Quéops"

Altura‎: ‎146 m (original) 138m (atualmente)

Base‎: ‎230 m

Construção‎: ‎cerca de 2580–2560 a.C. (‎4ª Dinastia‎)

 

QUÉFREN: Nome antigo‎: ‎"Grande é Quéfren"

 Altura‎: ‎143 m (original) 136 m (atualmente).

Base‎: ‎215 m

Construção‎: ‎ 2570 a.C. (‎4ª Dinastia‎)

 

MIQUERINOS: (Menkaure) Nome antigo: “Miquerinos é Divino”

Filho de Quéfren, ele governou o Egito na 4ª dinastia,

Altura‎: ‎65 m (originalmente); 61 m (Atualmente)

Base‎: ‎102 m por 104 m

Construção: por volta de 2510 a.C. 4ª dinastia

Material‎: ‎Calcário‎ e ‎Granito

 

*Entrada inclusa em uma das pirâmides. Somente no dia saberemos em qual será liberada a entrada.

 

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO:

Após almoço, visitaremos com explicações do guia Egípcio, o famoso Museu Egípcio do Cairo, onde se encontram alguns dos mais valiosos tesouros arqueológicos do antigo Egito, bem como objetos da época FARAÔNICA: Bigas de guerra, e material bélico da época dos faraós.

Também veremos todos os objetos achados na tumba do faraó Tutancâmon, descobertos pelo arqueólogo Carter em escavações no Vale dos Reis em 1922.

Os objetos pessoais deste soberano foram achados intactos, e, encontra-se neste museu. São preciosidades como a máscara mortuária de Tutancâmon em ouro puro, seu magnífico sarcófago em ouro com pedras preciosas pesando 200 quilos, bem como seu trono e escudos reais faraônicos. Visitar esse museu é mergulhar na história do Egito faraônico.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO e JANTAR.

OBS.: Nesta noite, possibilidade (para quem desejar) de um passeio opcional de 2 horas pelo RIO NILO em um barco de luxo, com jantar a bordo, músicas árabes, e danças típicas da região, incluindo a Dança do Ventre. Vale a pena conhecer este maravilhoso passeio pelo RIO NILO. A saída do hotel em ônibus será às 20h e retorno às 00h30.  O Custo do opcional é de aproximadamente USD 100,00 (Sujeito a alteração de valor) e deverá ser pago diretamente ao Staff egípcio na parte da manhã do dia do opcional, para reservas de mesas e jantar no barco.

 

4º DIA.  12/OUTUBRO/2023 (Quinta)

CAIRO / MUSEU NACIONAL DA CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA / SAÍDA EM DIREÇÃO AO MONTE SINAI / PASSAGEM PELO CANAL DE SUEZ (TÚNEL) - INICIAREMOS A ROTA DA PEREGRINAÇÃO DO ÊXODO / MARA / *REFIDIM / MONTE SINAI E HOREBE.

MUSEU NACIONAL DA CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA:

Apos café da manhã saída para visitar o mais novo museu Egípcio. Nele encontra-se achados arqueológicos de épocas faraônicas. Mas é na parte reservado as múmias reais que esta a grande atração do novo museu, você poderá ver múmias reais de 18 faraós e 4 rainhas, que são:

1 - Sekenenré Taá II, apelidado de "o Valente", 17ª dinastia (-1625 a -1549).   

2 - Amósis-Nefertari, filha do anterior, esposa real e irmã de Amósis I, fundador da 18ª dinastia (-1550 a -1292).   

3 - Amenófis I, filho da anterior e de Amósis I,

4 - Ahmose-Meritamun, filha de Amósis e Amósis-Nefertari,    

5 - Tutmósis I, terceiro rei da 18ª dinastia, sucedeu Amenófis I. 

6 - Tutmósis II, 18ª dinastia e filho de Tutemósis I, casou-se com sua meia-irmã HatShepsut. 

7 - Hatshepsut,  quinta soberana da 18ª dinastia. Filha e esposa real foi regente de seu enteado Tutemósis III, antes de se coroar como rainha-faraó do Egito. Seu poderoso reinado foi marcado pelo crescimento do comércio. Alguns sustentam que foi a rainha que salvou Moises das aguas, mencionada em (Êxodo 2).    

8 - Tutmósis III (18ª dinastia), enteado de Hatshepsut, 

9 - Amenófis II (18ª dinastia), filho do anterior.  

10 - Tutemósis IV (18ª dinastia), filho do anterior.   

11 - Amenófis III (18ª dinastia), filho do anterior. Ele reinou por 37 ou 38 anos. Em frente ao seu templo funerário, perto de Luxor (sul), estão duas estátuas, mais conhecidas como Colossos de Mêmnon.  

12 - Faraó Tiy, esposa do anterior.   

13 - Seti I, faraó da 19ª dinastia (-1296 a -1186). Realizou inúmeras campanhas militares, incluindo o combate contra os hititas. Essas vitórias estão inscritas nas paredes do templo de Karnak. 

14 - Ramsés II (19ª dinastia) 1194-1163 a. C.. Foi o mais famoso e poderoso dos faraós, reinou por 67 anos. Como um grande construtor, mandou erguer os templos de Abu Simbel para ele e sua esposa, Nefertari.    

15 - Merneptá, filho de Ramsés II, governou por 11 anos. 

16 - Seti II (19ª dinastia), filho do anterior, reinou cerca de seis anos.    

17 - Siptá (19ª dinastia), reinou ainda criança, sob a regência da esposa de Seti II, Tausert, últimos soberanos da 19ª dinastia.  

18 - Ramsés III, faraó da 20ª dinastia, 

19 - Ramsés IV (20ª dinastia).  

20 - Ramsés V (20ª dinastia). Filho do anterior.   

21 - Ramsés VI (20ª dinastia).   

22 - Ramsés IX (20ª dinastia).

 

SAÍDA EM DIREÇÃO A ROTA DO ÊXODO ATÉ O MONTE SINAI:

Vigem em ônibus de luxo, com ar condicionado, exclusivo para o grupo, rumo ao deserto, na península do Sinai, onde iniciaremos a viagem épica pelo caminho do Êxodo de Moisés com o povo Hebreu em direção ao Monte Sinai.

 

CANAL DE SUEZ:

Passaremos pelo famoso Canal de Suez, construído para ligar o Mar Mediterrâneo ao Mar Vermelho, com o intuito de ser usado como via de circulação de navios.

Este canal artificial possui 195 km de extensão, 170 metros de largura e 20 metros de profundidade. Sem a sua existência, uma embarcação que saísse da índia, por exemplo, com destino a Europa, teria que contornar o continente africano pelo Cabo da Boa Esperança, em meses de viagem. É uma extraordinária fonte de renda para o Egito. O canal foi construído entre 1859 e 1869. Cerca de 1,5 milhão de egípcios trabalharam em sua construção, desses, aproximadamente 125 mil morreram, sobretudo de cólera.

 

MARA A FONTE DAS ÁGUAS AMARGAS:

Viajaremos em parte pelos bíblicos desertos de Etã e Sim (Êx 16.1). Visitaremos as conhecidas fontes das águas amargas, em Mara, local que o povo hebreu, escravos saindo do Egito no início dos 40 anos da peregrinação pelo deserto, chegaram logo que atravessaram o Mar Vermelho. Neste local Moisés realizou um milagre, transformando água amarga em água doce (Êx 15.23). Hoje este local bíblico é um pequeno Oásis chamado Águas de Moisés.

Nas sombras das palmeiras em Mara, ouviremos falar de Abraão, José vendido pelos seus irmãos, a escravidão no Egito, Moisés e o início do Êxodo.  É uma parada em um lugar bem típico, rústico e cativante, onde o clima épico bíblico envolverá a todos. 

 

PASSAGEM PELO OÁSIS DE REFIDIM:

Em seguida, continuaremos em direção sul da península do Sinai, até um hotel às margens do Mar Vermelho, no Golfo de Suez, para almoço. Continuaremos pelo deserto em direção a *Refidim, local onde Moisés bateu com o cajado na rocha e dela saiu água (Êx 17); é também o local da famosa batalha contra os Amalequitas (Êx 17.8), um oásis verdejante em meio a um deserto de sol escaldante e lindas montanhas. *Salvo a mudança de rota imposta pelas autoridades.

 

CHEGADA AO MONTE SINAI:

Prosseguiremos viagem pelo conhecido Vale da Peregrinação até alcançarmos o tão esperado Monte Sinai e Horebe, na região chamada de Santa Catarina. Chagada no hotel por volta das 17/18 horas.

Teremos uma breve reunião com o guia do grupo, para ver quem tem condições físicas para a subida na madrugada ao topo da montanha sagrada.

Em seguida teremos o jantar, e para aqueles que irão subir o Monte Sinai haverá um breve descanso até 00h30min.  A subida iniciará a 01h da manhã, caso as condições climáticas permitam.

 

 Nota sobre o hotel do Sinai: Próximo ao Monte Sinai tem apenas 4 hotéis de categoria simples. Turistas geralmente passam apenas uma noite no Sinai, e talvez seja este o motivo dos hotéis serem simples. Todos os 4 hotéis são simples. Nós escolhemos o que achamos ser o melhor deles, chamado Morgenland. Mesmo sendo o melhor, não se compara com o hotel do Cairo e os outros que ainda serão utilizados na viagem.

*Refidim está fechado para visitas. Se permanecer assim até a data de saída deste roteiro, esta visita não será feita.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

ATENÇÃO AS INFORMAÇÕES PARA A SUBIDA AO MONTE SINAI NA MADRUGADA SEGUINTE:

 

*Por questões físicas, nem todos terão condições para a longa caminhada no Monte Sinai. Serão quatro horas subindo por trilhas até ao topo e duas horas para a descida.

O guia egípcio e o nosso guia brasileiro saberão precisar quem poderá ou não subir, e terão a prerrogativa de vetar quem não tiver condições.

A subida ao Monte Sinai será feita ao comando de um beduíno (guia da montanha), com as orientações que antecedem a subida, sendo fornecidas pelos guias brasileiro e egípcio.

Dependendo das condições climáticas, não será permitida a subida, são elas: chuva, chuvisco ou se tiver chovido nas últimas 5 horas, ocorrência de neve (pelo risco de escorregar nas pedras lisas). Vetado a subida com frio abaixo de 8 graus positivo no início da subida, significa que no topo poderá estar 3 ou 4 graus negativos, sendo perigosa e muito arriscada a subida.

Por questões de segurança, o guia brasileiro e o egípcio determinarão a possibilidade ou não da subida ao monte, observando as questões climáticas e outras.

Para os aptos a subirem será obrigatório assinar o termo de responsabilidade para a subida (entregue pelo guia).

OBS.: Após anos de experiência no local, decidimos ser bem claros e precisos nas informações sobre a subida ao Monte Sinai, para que não tomem por surpresas as condições e vetos para a subida. Muitos concorrentes preferem dar estas informações apenas quando estiverem lá.

 

5º DIA. 13/OUTUBRO/2023 (Sexta)

CAMINHADA AO TOPO DO MONTE SINAI / PARTIDA DO MONTE SINAI EM DIREÇÃO AO HOTEL ÀS MARGENS DO MAR VERMELHO, PRÓXIMO À FRONTEIRA COM ISRAEL NO GOLFO DE AQABA.

ATO 1 - INICIO DA CAMINHADA AO TOPO DO MONTE SINAI:

Para os que tiverem condições, à 01h da manhã iniciaremos a tão esperada caminhada a pé ao cume do monte Sinai, local onde Deus falou com Moisés, e lhe entregou as tábuas lavradas em pedra com os 10 mandamentos.

A subida se iniciará na madrugada e não é fácil! Serão 7 (sete) quilômetros montanha acima. Para os aptos vale o esforço para conhecer e estar no mesmo lugar onde DEUS apareceu a Moisés, pois em (Êx 33:18-23) Moisés roga a Deus que lhe mostre a sua glória...

Vide Êx 33.18. Então, disse Moises: “Rogo-te que me mostres a tua glória”. V.19: Porém Deus disse: “Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti e apregoarei o nome do Senhor diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem me compadecer. V.20: E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá. V.21 Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; ali te porás sobre a penha. V.22: E acontecerá que, quando a minha glória passar, te porei numa fenda da penha e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. V.23: E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá”.

 

ATO 2 - SUBIDA ORGANIZADA POR NOSSOS GUIAS E COM AUTORIZAÇÃO DO CONTROLE DE SUBIDA.

O grupo iniciará a subida ao comando de um guia da montanha local (um beduíno), que ditará o ritmo da subida e as paradas para descanso. Em média levaremos em torno de quatro horas para a subida total.

Durante a descida o grupo não descerá todos juntos, cada um descerá ao seu tempo, uns mais lentos outros mais rápidos, porém o ponto de encontro de todos será no controle de subida.

Durante a descida você terá uma privilegiada vista do Monte Horebe (com uma pequena capela branca no topo), o monte de Deus (Êx 3.1), onde DEUS falou com Moisés em uma chama na sarça ardente, ordenando que ele voltasse para o Egito (Êx 3) para libertar o povo Hebreu da escravidão. Elias esteve no Horebe.

 

ATO 3 - ORGANIZAÇÃO PARA OS QUE NÃO PRETENDEM SUBIR O MONTE:

Os que não subirem o monte ficarão no hotel e serão acordados e às 07h da manhã, e acompanhados de um guia, sairão em um ônibus em direção ao Mosteiro de Santa Catarina, e após passarem pelo controle de subida do Sinai, terão uma caminhada a pé por cerca de 30 minutos até o Mosteiro, onde terão uma privilegiada vista do Monte Horebe e o monte Sinai ao longe, este, é o lugar onde Deus apareceu a Moisés numa sarça ardente e disse-lhe: “Tira os teus sapatos de teus pés; porque o lugar que tu estás é terra santa” (Êx 3:5).

 Deste lugar será possível ver o início das trilhas que dá acesso ao topo do Sinai que está 7 km à frente montanha acima, e assim, quem não subiu, terá oportunidade de registrar em fotos e filmagens, este lugar incrível e bíblico. 

O local foi cenário de um dos épicos mais lindos já produzidos do filme “Os 10 mandamentos” filmado no local em 1956, com o ator Charlton Heston (a dica é assistir este filme antes da viagem).

 

ATO 4 - PARTIDA DO SINAI EM DIREÇÃO AO MAR VERMELHO:

Às 8h o grupo estará no hotel do Monte Sinai.

Às 10h o grupo partirá em direção ao hotel no Mar Vermelho, ainda no Egito.

                                                                                                                                                                         

ATO 5 – HOTEL NO MAR VERMELHO:

Chegada do grupo no hotel às margens do Mar Vermelho

Hospedagem e almoço.

Tempo livre para descansar e ir à praia do Mar Vermelho nas dependências do hotel, com piscina, etc...

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

               

DIA DE ENTRADA EM ISRAEL

 

6º DIA.  14/OUTUBRO/2023 (Sábado)

MAR VERMELHO - TABA / CONTROLE DE FRONTEIRA EM EILAT E ENTRADA EM ISRAEL / QUMRAN – CAVERNAS DO MAR MORTO / JERICÓ (TELL) / MAR MORTO (PANORÂMICO – PARADA PARA FOTOS) / TIBERÍADES.

Após o café da manhã, saída  bem cedo em direção à fronteira do EGITO com ISRAEL.

Chegada à fronteira. Neste momento deixaremos o Egito e entraremos na Terra Santa pelo sul, através do deserto do Negev até as cavernas do Mar Morto em Qumran.

 

QUMRAN, LOCAL DAS DESCOBERTAS DOS MANUSCRITOS DO MAR MORTO:

Em seguida partiremos margeando o Mar Morto com destino às cavernas de Qumran, onde em 1947 foram descobertos os rolos do Mar Morto contendo grande parte dos livros do Velho Testamento, sendo as cópias mais antigas que se têm notícias.

 

JERICÓ:

Após visita a Qumran saída para Jerico, um vilarejo Palestino em pleno deserto da Judeia. Nosso objetivo é chegar próximo do sítio arqueológico da cidade da conquista de Josué, no final da peregrinação dos 40 anos pelo deserto, sendo a primeira cidade da conquista da Terra Santa. Veremos as ruínas da Jericó antiga. Visitaremos também o local de tradição onde ficava a árvore que Zaqueu, o cobrador de impostos subiu para ver Jesus passar, segundo nos conta os monges eremitas que habitam no Monte da Tentação há séculos. Teremos uma bela vista do Monte da Tentação de Jesus.

 

MAR MORTO:

Parada para fotos.

O Mar Morto é conhecido na Bíblia e ao longo da história, como Mar de Sal, Mar de Arabá e Mar de Betume. Está situado a 400 m abaixo do nível do Mar Mediterrâneo, sendo o ponto mais baixo que temos na Terra, tendo 76 Km de comprimento e 17 km de largura. Contem 40% de sal, enquanto que nos mares e oceanos tem apenas de 4 a 6%.  O ponto mais profundo tem 914 m. Na outra margem, do lado da Jordânia, se encontram as campinas de Moabe.

Seguremos viagem para Tiberíades às margens do lago da Galileia.

Chegada no hotel. Hospedagem e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

7º DIA. 15/OUTUBRO/2023 (Domingo)

TIBERÍADES - PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA / MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS / TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES / CAFARNAUM / RIO JORDÃO/ CANÁ DA GALILEIA / FORTALEZA DE SALOMÃO E CANANITA EM MEGIDO / JESRAEL - VALE DO ARMAGEDOM.

PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA:

Café da manhã e saída  para Tiberíades, para iniciar um bonito passeio de barco no Lago da Galileia, também conhecido como Lago de Genezaré, onde Jesus caminhou sobre suas águas (Mt 14:22).

Relembraremos o milagre da Pesca Maravilhosa (Lc 5).  Os nomes Mar da Galileia, Lago da Galileia, Lago de Genezaré, Lago de Tiberíades, e Mar de Quinerete, são nomes diferentes mencionados na bíblia para o mesmo lago de água doce, que fica na linda e verdejante região da Galileia.

 

MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS:

Visitaremos o Monte das Bem Aventuranças, local onde Jesus ensinou aos seus discípulos o Sermão da Montanha.

Podemos dizer que, o lugar foi uma pequena “faculdade de Jesus” para com seus discípulos.

Foi neste lugar alto, em um belo cenário, que se descortina para a incrível beleza do Lago da Galileia, como um campus de uma universidade. Jesus ensinou verbalizando pela primeira vez aos seus discípulos e ao mundo, em uma verdadeira aula, todo o belo e insuperável capítulo 5 de Mateus, aula conhecida como, “As Bem Aventuranças”. Venha conhecer este lugar conosco.

 

TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES:

Visitaremos também em Tabgha, o local da Primeira Multiplicação dos Pães e Peixes (Mc 6:30). Acredita-se que neste lugar o evento tenha acontecido, pois já era visitado desde os primeiros anos após a crucificação de Jesus. No lugar foi erguida por volta de 350 d.C.  uma pequena capela, descrita pela primeira vez em 380 d.C. pela peregrina Egéria em seu livro “Itinerarium”, hoje em ruinas a 50 metros da igreja atual.

Os bizantinos no século V construíram a Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes, que depois foi destruída pelos persas no século VII, e resgatada a partir de escavações arqueológicas no século XIX. Da antiga igreja, foram recuperados belíssimos mosaicos, onde estão desenhados os pães e peixes do milagre descrito na Bíblia. A imagem se transformou em uma das mais reproduzidas entre os souvenirs de Israel.

O prédio atual construído em 1982 reproduz a antiga igreja.

 

CAFARNAUM:

Chegaremos à bíblica aldeia de Cafarnaum, às margens do Lago da Galileia, centro do ministério de Jesus nesta região, onde visitaremos o que sobrou da casa do apóstolo Pedro (Lc 4:38), protegida pela construção de uma igreja suspensa em cima destas ruínas.  Ainda em Cafarnaum, veremos ruína original da sinagoga em que Jesus pregava quando estava nesta cidade (Mc 1:21). Veremos também o total cumprimento da profecia de Jesus sobre esta cidade (Mt 11:23). Também conheceremos uma mó de azenha que Jesus se referiu no livro de (Mt 18). Sentados em bancos, à sombra de figueiras enormes, ouviremos relatos dos milagres de Jesus e outros acontecimentos realizados nesta aldeia, que foi sua residência, após ser expulso de Nazaré 

 

RIO JORDÃO -YARDENIT

Prosseguiremos até o Rio Jordão, com tempo para batismo, ou até mesmo para entrar na água para os que desejarem. O Jordão nasce nas colinas do Golã em Banias, tem 160 km de extensão e termina no ponto mais baixo da terra, no Mar Morto. Nunca foi um rio com forte atividade pesqueira, e nem é atualmente, mas é um dos rios mais famosos da terra.

 

CANÁ DA GALILEIA:

Em seguida iremos à Caná da Galileia, para relembrar o Primeiro Milagre de Jesus, transformando água em vinho, onde visitaremos uma Igreja Franciscana que guarda em seu subsolo, restos de uma sinagoga de dois mil anos, e, segundo escavações arqueológicas realizadas, comprovou ser da mesma época do milagre, como Caná de dois mil anos, que era um pequeno vilarejo e não poderia haver mais que uma sinagoga.

 

FOTALEZA CANANITA EM MEGIDO – VALE DE JESRAEL E VALE DO ARMAGEDOM:

A Fortaleza de Megido é um sitio arqueológico composto de 26 estratos de escavações com vestígios de cidades ancestrais, desde as ruinas dos Cananeus. Muitas guerras aí já se desenrolaram neste lugar aos pés desta formidável fortaleza, pelo menos duas delas, Israel obteve a vitória – contra os Cananitas e a de Gideão, que se sobrepôs aos Midianitas.

Neste local o rei Josias, monarca israelita, lutou, em 609 a.C., contra o Faraó Neco II, que se deslocava para  Carquemis, (Mesopotâmia) na margem do rio Eufrates, atendendo a um pedido de auxílio do rei da Assíria. Josias o rei de Israel morreu na batalha, ao lado de seus arqueiros.(II Reis 23:28)

A Fortaleza de Megido guardava o Vale do Armagedom de invasões vindas do sul. É o local onde a bíblia descreve que sera a batalha final entre o bem e mau (a luta entre Gogue e Magogue). Esta passagem pode ser conferida no Apocalipse 16:16 - 20:1-3 e 7-10.  O livro de Apocalipse usa a profecia de Ezequiel 38.39 sobre Magogue para mostrar os últimos tempos, o ataque final à nação de Israel (Apocalipse 20:8-9).

Megido já foi uma fortaleza Cananeia, egípcia e uma proeminente cidade persa. Também já foi governada pelo Rei Salomão.

Os restos da porta de Salomão e seus estábulos ainda hoje são visíveis, bem como os restos do Palácio de Marfim de Salomão, onde foram encontrados tesouros como marfim e joias valiosas.

O que mais intriga os visitantes é o complexo do sistema de armazenamento de água, do século IX a.C.. Uma escada leva os visitantes até 30 metros de profundidade em um túnel de 70 metros de comprimento, em um dos momentos mais especiais e diferentes da visita.

Retorno ao hotel.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.          

 

8º DIA.  16/OUTUBRO/2023 (Segunda)

TIBERÍADES / FONTE DE GIDEÃO / NAZARÉ / MONTE CARMELO / CESAREIA MARÍTIMA / TEL AVIV / JAFA / JERUSALÉM.

FONTE DE GIDEÃO: A separação dos trezentos guerreiros valentes.

Após o café da manhã seguiremos para Fonte de Gideão, localizada em um Parque nacional chamado Gan HaShlosha, no Ebal.  A fonte ainda existente foi instrumento intermediário usado por Deus para separar daqueles dez mil guerreiros os que realmente estavam prontos para a batalha contra os Midianitas e Amalequitas. ”E disse o Senhor a Gideão: Ainda muito povo há; faze-os descer às águas, e ali os provarei; e será que, daquele de que eu te disser: Este irá contigo, esse contigo irá; porém de todo aquele, de que eu te disser: Este não irá contigo, esse não irá”.

E fez descer o povo às águas. Então o Senhor disse a Gideão: Qualquer que lamber as águas com a sua língua, como as lambe o cão, esse porás à parte; como também a todo aquele que se abaixar de joelhos a beber.
E foi o número dos que lamberam, levando a mão à boca, trezentos homens; e todo o restante do povo se abaixou de joelhos a beber as águas.

E disse o Senhor a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam as águas vos livrarei, e darei os Midianitas na tua mão; portanto, todos os demais se retirem, cada um ao seu lugar.” (Juízes 7:4–7)

 

CIDADE DE NAZARÉ:

Visitaremos à pitoresca cidade de Nazaré, cenário da infância de Jesus, passaremos pela Igreja da Anunciação, construída para proteger as ruínas da casa de Maria e de José, local onde o anjo Gabriel encontrou com Maria e anunciou a ela o nascimento do Messias (Lc 1-6): “E o Santo que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus” (Lc 1-35). (Livre para entrar).

Bem perto da casa de Maria, visitaremos, onde, segundo a tradição fica a gruta da carpintaria de José. Nichos existentes na parede da gruta para colocação de ferramentas - demonstram ter sido no passado uma oficina.

O local teria sido identificado por arqueólogos do vaticano como local de uma carpintaria. Desta forma, por ser Nazaré uma cidade muito pequena a dois mil anos, não podendo haver mais que uma carpintaria, logo os arqueólogos fizeram associação com o carpinteiro José.                                                                 

 

MONTE CARMELO:

Seguiremos para o alto do Monte Carmelo, onde em um local relembraremos do desafio do profeta Elias com profetas de Baal.

 

CESAREIA MARÍTIMA:

Prosseguimento pela estrada litorânea, a antiga Via Maris, para chegar à Cesareia Marítima. Passaremos ao longo desse dia, visitando os seguintes locais: as belíssimas escavações de Cesareia Marítima, cidade construída por Herodes, que a dedicou ao imperador romano César Augusto. Também foi residência oficial de Pilatos. Nesta cidade, o apóstolo Paulo ficou preso por dois anos antes de ser enviado para Roma (At 27). A cidade ainda está em constantes escavações. Cesareia era belíssima! Hoje, podemos ver as ruínas do que foi no passado o Palácio de Pilatos, que se destacava à beira do Mediterrâneo. No enorme hipódromo, em estilo Romano, ainda há arquibancadas e murais com afrescos originais. Ainda em Cesareia, veremos o belo teatro ao ar livre construído por Herodes, onde, ainda hoje, são realizados shows, peças teatrais e musicais.

 

TEL AVIV:

City Tour por Tel Aviv, a cidade branca.  Desde 2003 Tel Aviv é reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade, a qual conta atualmente com mais de 4.000 edifícios construídos no estilo Bauhaus.

Uma metrópole que muitos acham ser a capital de Israel, quando na realidade a capital é Jerusalém há três mil anos desde o rei Davi.

Tel Aviv é relativamente nova, tem cem anos apenas, mas é uma movimentada e moderna cidade, com praias de fina areia dourada, atmosfera agitada que lembra o Rio de Janeiro, e possui um deslumbrante calçadão da praia e muitas opções de diversões, com sabor autêntico de Oriente Médio, para não mencionar a boa comida e o café de qualidade.

 

JAFA (JOPE):

Em seguida visitaremos o porto de Jafa, considerado um dos portos mais antigos do mundo, de onde surgiu Tel Aviv.

Jafa ou Jope é a antiga cidade portuária que marca a presença do apóstolo Pedro e do profeta Jonas. Hoje parte integrante de Tel Aviv, que se transformou em uma colônia de artistas. É a antiga cidade da herança da tribo de Dã.

De Jope, o profeta Jonas embarcou para Tarsis (Jn 1:3). Também era aldeia onde residia Dorcas  (At 9:36). Em Jope, Pedro tem a visão do lençol contendo animais puros e impuros segundo a visão do Judaísmo (At 11:5), local da casa de Simão, o curtidor (At 10:6).

No final da tarde chegada em Jerusalém.

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

9º DIA. 17/OUTUBRO/2023 (Terça)

JERUSALÉM / *BETÂNIA / SILÓ / JERUSALÉM.

Após café da manha, saída em direção a Betânia.

BETÂNIA:

Betânia, local onde residia Marta, Maria e Lázaro, onde Jesus ressuscitou Lázaro. No local existe um túmulo em pedra que fica 6 metros abaixo do atual nível da rua. A tradição do século quarto aponta como sendo o túmulo de Lázaro. *Visita sujeita a confirmação (um dia antes), devido as condições de segurança.

Após a visita em Betânia sairemos para visitar a antiga Siló, que foi capital religiosa de Israel no tempo dos juízes, está situada ao norte nas colinas de Efraim (Jz 21:19).

*Visita sujeita a confirmação (um dia antes) devido às condições de segurança.

 

EM SILÓ A ARCA DA ALIANÇA FOI ROUBADA DE ISRAEL:

Siló é mencionada na Bíblia como um local de acampamento para o povo de Israel, onde havia um santuário com a Arca da Aliança, até que ela foi tomada pelos filisteus do campo de batalha. Nos últimos anos do período dos Juízes de Israel, a Arca da Aliança era guardada pelo sacerdote Eli, e seus filhos Hofni e Fineias.  

Os filisteus teriam tomado a Arca como despojo de guerra, e a levaram ao templo de Dagom, em Asdode.(I Samuel cap. 5) Logo que a arca retornou a Israel, foi mantida em Quiriate-Jearim até que Davi a trouxe para Jerusalém. Ela nunca mais voltou a Siló.

Em Siló, a congregação “de Israel, toda acampada armou a tenda da congregação …”, (Josué 18:1)  O Tabernáculo esteve em Siló por 369 anos, e só deixou Siló quando Eli o Sumo Sacerdote morreu.

 

LOCAL DA MORTE DO PROFETA ELI:

Foi neste lugar (Siló) que o profeta Eli ficou sabendo que a Arca foi levada pelos Filisteus e que seus filhos haviam morrido, com esta notícia, ele caiu, bateu a cabeça e morreu. (I Samuel 4:18)

 

PROFETA SAMUEL: “Fala, porque teu servo ouve”.

Em Siló relembraremos com a leitura na Bíblia, que Samuel foi levantado profeta no santuário em Siló pelo Sumo Sacerdote Eli. Samuel começou a profetizar bem novo e continuou a servir no Tabernáculo, mas não como um sacerdote, porque ele não era da família de Aarão. Foi neste lugar que Deus chamou o menino Samuel. Assim, Deus chamou a Samuel, e em obediência ele prontamente respondeu ao chamado divino: “Fala, porque teu servo ouve” (I Samuel 3:10). Naquele momento ele se tornou o porta-voz de Deus, e seria também o canal da mensagem de julgamento do Senhor sobre a família de Eli, que seria banida do sacerdócio de Israel.

Retorno a Jerusalém e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

10º DIA. 18/OUTUBRO/2023 (Quarta)

JERUSALÉM / MONTE DAS OLIVEIRAS / PANORÂMICA DE JERUSALÉM E DO VALE DO CEDRON / “DOMINUS FLEVIT” - QUE MARCA O LUGAR ONDE JESUS CHOROU SOBRE JERUSALÉM / GETSÊMANI / BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS / CENÁCULO / TUMBA DE DAVI / CASA DE CAIFÁS.

MONTE DAS OLIVEIRAS – VISTA PANORÂMICA DE JERUSALÉM:

Café da manhã e saída para a panorâmica no alto do Monte das Oliveiras, onde apreciaremos a mais bela vista de toda Jerusalém. Neste local, como em um passeio de balão olhando para a cidade histórica, teremos uma verdadeira aula da geografia sobre a cidade, com apontamentos feitos pelo guia, dos lugares históricos e Bíblicos da cidade de Jerusalém.

Teremos uma maravilhosa vista, em especial da Mesquita Dourada, o “Domo da Rocha”, no mesmo terreno do Monte Moriá, onde no passado Abraão iria sacrificar Isaque (Gênesis, 22), e onde o rei Salomão construiu o famoso templo de Jerusalém, inaugurado por volta do ano 1000 a.C., e destruído pelo Babilônico Nabucodonosor, em 586 a.C.; terreno hoje ocupado pela Mesquita dourada.

Também teremos uma vista privilegiada do Monte Sião, cuja parte mais baixa, próximo no Vale do Cedron estão as escavações da antiga cidadela do Rei Davi.

Veremos também o local da casa de Caifás, onde Jesus esteve preso e foi sabatinado pelo sinédrio, o conselho religioso de Israel, logo após ser preso no Getsêmani.

Avistaremos lugares históricos e Bíblicos como o Cenáculo, o local da descida do Espírito Santo, o local da Ceia de Jesus com seus discípulos, o Santo Sepulcro, a Via Dolorosa, o local onde ficava a Fortaleza Antônia e outros lugares Cidade Velha. Teremos uma vista maravilhosa da Cidade Velha para não se esquecer jamais!

Com esta “aula” na panorâmica sobre Jerusalém, ficará fácil compreender a história, a geografia e os acontecimentos, e depois, ao entrar na Cidade Velha, nos lembraremos dos lugares mostrados no alto do Monte das Oliveiras.

 

 “DOMINUS FLEVIT” QUE MARCA O LUGAR ONDE JESUS CHOROU SOBRE JERUSALÉM:

Iniciaremos a descida a pé, do Monte das Oliveiras em direção ao Dominus Flevit, que marca o local onde Jesus chorou sobre Jerusalém (Lc 19:41).

Deste local, estaremos mais próximo das muralhas antigas da Cidade Velha, que praticamente está em frente à conhecida Porta Formosa do templo (Porta Dourada).

A Porta Formosa era assim chamada pelos seus ricos adornos, que dava do átrio dos gentios para o átrio das mulheres, em frente do pórtico de Salomão (At 3:11). Media 25 metros de altura por 21 metros de largura, sendo necessário o trabalho de vinte homens para abrir e fechá-la, feita de metal, toda coberta de ouro e prata (At 3:1-11).

 

GETSÊMANI:

Descendo mais um pouco o Monte das Oliveiras, chegaremos ao Getsêmani, local onde Jesus com frequência costumava se retirar para orações com seus discípulos. Neste lugar Jesus orou angustiado dizendo: “Pai, se possível passa de mim este cálice”. Ali ele foi traído por Judas, preso e conduzido à casa de Caifás (Lc 22:39).

 

BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS OU IGREJA DAS NAÇÕES:

Para guardar este local foi construída a Basílica da Agonia de Jesus, local este em que Judas deu o beijo da traição e Jesus foi preso. Também conhecida como Igreja das Nações. Muitas nações, inclusive o Brasil contribuíam para sua construção.

Esta igreja logo completará 100 anos. Inaugurada em 1924, foi projetada pelo arquiteto Barluzzi. O arquiteto queria representar o momento da agonia e prisão de Jesus naquele lugar de uma maneira brilhante, visto que o fato foi durante a madrugada. Quando você entra no interior da igreja, logo se nota o teto em tom azulado com pequenas estrelas representando o céu na noite da agonia, parece sombria, pouco iluminada e triste. Barluzzi queria justamente representar a noite da agonia e traição de Jesus. O altar esta voltado para uma enorme rocha onde Jesus teria orado separado dos discípulos. Livre para entrar.

 

CENÁCULO:

Em continuação visitaremos o cenáculo no Monte Sião, local riquíssimo em acontecimentos relacionados ao Novo Testamento. O local onde se encontra o cenáculo foi o cenário da última Ceia Pascal de Jesus com seus discípulos, e a instituição da Eucaristia ou Santa Ceia (Mc 14:12-26). 

Também é o local da descida do Espírito Santo no dia do Pentecostes (At 2), sendo o mesmo lugar onde Jesus lavou os pés dos seus discípulos (Jo 13).  

 

TUMBA DE DAVI:

Próximo do cenáculo visitaremos uma pequena Sinagoga onde a tradição judaica aponta ser o mausoléu do rei Davi, o segundo rei de Israel (At. 2:29).

 

CASA DE CAIFÁS:

Ainda no Monte Sião, visitaremos as dependências da casa de Caifás; “do Getsêmani, Jesus foi conduzido até a casa do Sumo Sacerdote Caifás (Jo 18:12)” logo após ser preso.

Em cima desta casa, para proteger o que restou foi construída uma belíssima Igreja, chamada de “Igreja de São Pedro do Galicanto”, (Saint Peter in Gallicantu) lugar onde Pedro negou Jesus três vezes (Jo 18:27). Não aberta aos domingos.

No subsolo destas ruinas, Jesus esteve preso durante toda a madrugada sendo interrogado pelo Sinédrio (conselho religioso de Israel) e, logo pela manhã foi levado a Herodes e depois a Pilatos (Lc 23 e Jo 18:12-38).

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

11º DIA. 19/OUTUBRO/2023 (Quinta)

JERUSALÉM / MAQUETE DE JERUSALÉM E SANTUÁRIO DO LIVRO / BELÉM / CAMPO DOS PASTORES / MURO OCIDENTAL (LAMENTAÇÕES).

MAQUETE DE JERUSALÉM:

Café da manhã e saída para visitar a Maquete de Jerusalém.

Como seria Jerusalém durante o período do Segundo Templo? Você tem esta curiosidade?

A resposta para esta pergunta está, desde 2006, no Museu de Israel, onde se encontra uma maquete de aproximadamente 1000m², construída em 1967, a maquete fazia parte do sonho de Hans Kroch, proprietário do hotel Holyland que conseguiu realizá-lo, através da dedicação e do empenho do arqueólogo Michael Avi-Yonah, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Em 1974, a maquete passou por um processo de renovação, adaptando-se às novas descobertas arqueológicas, o que vem sendo feito periodicamente. Construída com pedras originais de Jerusalém, mármore e aço.

Com base nos relatos históricos, inclusive do historiador Flávio Josefo, e escavações arqueológicas foi possível reconstruir a Jerusalém dos tempos do segundo templo e de Jesus, até por volta do ano 1600 d.C. Foi uma reconstituição das características topográficas e arquitetônicas da cidade, antes da sua destruição pelos romanos, no ano 70 d.C.. Uma visita extraordinária para você!

 

MUSEU DO LIVRO (Rolos do Mar Morto):

Em seguida entraremos no “Santuário do Livro” ou Museu do Livro - onde está a maioria dos 800 fragmentos dos pergaminhos do Mar Morto encontrados nas cavernas de Qumran.

Os documentos, alguns completos, outros não, foram encontrados por dois pastores, dentro de jarros, que contém informações sobre os Essênios que viveram em Israel durante o período do Segundo Templo. São cópias fiéis de livros da Torá (Velho Testamento).

O “Santuário do Livro” foi especialmente construído para abrigar partes destes tesouros.

A arquitetura do prédio foi inspirada nos jarros onde os documentos foram encontrados.

A iluminação interna e a utilização das cores branca e preta nos locais onde estão expostos os fragmentos foram idealizadas a partir do conceito mencionado nos textos dos pergaminhos sobre a Guerra entre os Filhos da Luz e os Filhos das Trevas.

Segue viagem para Belém.

 

BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE:

Visitaremos a Gruta do Nascimento de Jesus. Para visitar entraremos na Igreja da Natividade, que guarda em seu interior (subsolo) a Gruta do Nascimento de Jesus. Trata-se da igreja mais antiga da terra em atividade recentemente restaurada. (Entrada facultativa).

Foi a partir do ano 340 d.C., que a Gruta da Manjedoura passou a ser protegida pela construção da Igreja da Natividade realizada a pedido da Imperatriz Helena..

 

CAMPO DOS PASTORES:

Seguiremos com destino ao Campo dos Pastores. Nesta região, Davi apascentava o gado de seu pai quando foi ungido rei, pelo Profeta Samuel (I Sm 16:1-13) e, três gerações antes, a sua bisavó Rute colhia nos campos de trigo de Boaz (Rt 2:1-17). Séculos mais tarde, quando chegou o momento da vinda do Filho de Deus à Terra, ali ocorreu o primeiro anúncio do nascimento de Jesus aos pastores de Belém (Lc 2:8-12).

Belém também é a cidade natal do rei Davi (I Sm 17:12-15).

Retorno a Jerusalém.

 

MURO OCIDENTAL (LAMENTAÇÕES):

Chegaremos até o Muro Ocidental ou Muro das Lamentações, o segundo local mais sagrado do judaísmo, atrás somente do antigo Santo dos Santos, do Antigo Templo. Ao longo das gerações desde a destruição do templo, o Muro das Lamentações foi o vestígio mais próximo do local do Santuário do Templo. Durante séculos, judeus de todo o mundo têm ido lá para lamentar a perda do seu templo.  No muro encontraremos pessoas de diferentes nacionalidades e religiões "abrindo seus corações” com orações, por acreditar que o muro possui um enorme significado espiritual. É tradição para as pessoas que visitam o local escrever seus pedidos e colocar nas rachaduras do muro, acreditando-se que a mensagem chegará até Deus.

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

12º DIA. 20/OUTUBRO/2023 (Sexta)

JERUSALÉM / VALE DO CEDRON / TANQUE DE SILOÉ / PORTA DAS OVELHAS / TANQUE DE BETESDA / VIA DOLOROSA E SANTO SEPULCRO / TEMPO LIVRE.

VALE DO CEDRON E PILAR DE ABSALÃO:

Desceremos ao Vale do Cedron, parearemos no Pilar de Absalão, filho do rei Davi.Ora, Absalão, quando ainda vivia, tinha tomado e levantado para si uma coluna, que está no Vale dos Reis, porque dizia: Filho nenhum tenho para conservar a memória do meu nome. E chamou aquela coluna pelo seu próprio nome; por isso até ao dia de hoje se chama o Pilar de Absalão” (II Samuel 18:18).

 

TANQUE DE SILOÉ E TÚNEL DE EZEQUIAS.  (sem entrar no túnel)

Caminhando pelo Vale do Cedron, chegaremos no famoso Tanque de Siloé, onde jesus cuspiu no chão e fez barro com a saliva, em seguida ungiu os olhos do cego com aquela mistura e lhe ordenou: “Vai, lava-te no Tanque de Siloé” (Joao 9.7)

O Túnel de Ezequias ou Túnel de Siloé   foi escavado na rocha sólida, embaixo do Ofel na cidade antiga, por volta de 701 a.C. durante o reinado de Ezequias. Foi provavelmente um alargamento de uma caverna pré-existente mencionado na Bíblia. É descrito por peritos como uma das grandes proezas de engenharia da antiguidade.

O túnel conduzia água da Fonte de Giom até a piscina de Siloé. Foi projetado para agir como um aqueduto para abastecer Jerusalém de água, durante um cerco organizado pelos Assírios conduzidos por Senaqueribe. Ainda hoje, 2700 anos após sua construção, podermos ver o túnel ainda escoando água para a piscina de Siloé  (II Crônicas 32.30).

 

PORTA DAS OVELHAS:

Entraremos na Cidade Velha pelo histórico e bíblico Portão das Ovelhas (hoje Porta dos Leões), lugar do triste apedrejamento de Santo Estêvão, o primeiro mártir da Igreja (At 6:8 e 7:54).

 

IGREJA DE SANTA ANA:

Visitaremos a Igreja de Santa Ana, em cuja Cripta guarda a gruta residência de Joaquim e Ana, os pais de Maria, antes de se mudarem para Nazaré, local reconhecido desde a época dos cruzados.

 

TANQUE DE BETESDA:

Chegaremos ao Tanque de Betesda. Em João, capítulo 5, está escrito: “Próximo à Porta das Ovelhas, há um tanque, chamado em hebraico Betesda, o qual tem cinco alpendres”.  Estaremos no local exato do famoso e bíblico Tanque de Betesda, local da cura do paralítico por Jesus, que diz: “Levanta-te, toma tua cama e anda”. Suas ruínas ainda são bem visíveis, preservadas graças à construção de uma basílica bizantina no século IV, por Constantino, destruída pelos persas no século VI, e preservada até hoje graças a uma igreja construída pelos cruzados, chamada de Igreja de Santa Maria, também destruída, mas com parte de suas construções ainda visíveis.

Em seguida sairemos em direção a Via Dolorosa e ao Santo Sepulcro.

TEMPO LIVRE PARA COMPRAS DE LEMBRANCINHAS/ OU CULTO NA SALA DE ORAÇAO DE JERUSALEM ÁS 15 HORAS (Para quem desejar).

Em seguida teremos um tempo livre na “Vinte e Cinco de Março” de Jerusalém no Portão de Jaffa, no Setor Árabe da Cidade Velha, para compra de lembrancinhas. Um lugar bem pitoresco com mais de mil lojinhas no estilo árabe! Mas, para quem não aprecia este estilo de lojas, a 50 metros fica o “Mamila Center”, a rua “Oscar Freire” de Jerusalém, com lojas de grife, restaurantes e bons cafés.

Divirtam-se! Obs: 25 de Março e Oscar freire, são nomes dados por nós a estes lugares, somente para ilustrar a diferença dos dois lugares de compras.

Retorno ao hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

13º DIA. 21/OUTUBRO/2023 (Sábado)

JERUSALÉM / AEROPORTO DE TEL AVIV / EMBARQUE COM DESTINO AO BRASIL COM CONEXÃO.

Café da manhã. Em horário a ser determinado transfer para Aeroporto de Tel Aviv.

Procedimentos de embarque e voo com destino ao Brasil. Voo com conexão.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ.

 

14º DIA. 22/OUTUBRO/2023 (Domingo)

DESEMBARQUE NO BRASIL.

Desembarque no Brasil, no Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP.

OBS.: As visitas poderão ser invertidas de dias e de sequência sem prejudicar o roteiro.

Fim dos nossos serviços.



HOTEIS PREVISTOS:

Cairo: Hotel Helnan Dream Land OU SIMILAR

SITE: http://www.helnan.com/en/Hotels/Index/12

 

Monte Sinai: Hotel Morgenland St. Catarina OU SIMILAR

SITE: http://www.morgenland-village.net/

 

Mar Vermelho: Steigenberger Taba OU SIMILAR

SITE:  https://www.steigenberger.com/en/hotels/all-hotels/egypt/taba/taba-hotel-nelson-village

 

Nazaré:  Hotel Golden Crown OU SIMILAR

SITE:  https://www.goldencrown.co.il/

 

Jerusalém: Hotel St. George Jerusalém

SITE:  https://www.stgeorgehoteljerusalem.com/

 

INFORMAÇÕES GERAIS. 

 

ITENS INCLUSOS NESTE PACOTE:

01 - Passagens aéreas em trechos internacionais em classe econômica;

02 - Todas as taxas de embarque;

03 - Vistos e taxas de fronteiras;

04 - Hotéis categoria 3* superiores e 4* standard;

05 - Alimentação completa: Café da manhã, almoço e jantar conforme descrito no roteiro;

06 - Seguro internacional médico e de bagagem (Com limite de idade: até 85 anos);

07 - Todos os passeios e ingressos para visitas conforme exposto no roteiro;

08 - Todos os transfers terrestres fora do Brasil aeroporto/hotel/aeroporto;

09 - Acomodações em quarto para duas pessoas (duplo). Para quarto individual, acréscimo no valor.

10 - Ônibus exclusivo para o grupo fora do Brasil durante os passeios.

11 - Guia acompanhante do grupo desde o Brasil;

12 - Todas as gorjetas para guias, motoristas e maleteiros;

13 - Guias locais em Israel, falando em Português.

14 - Permitido uma mala com até 23 kg por pessoa nos voos internacionais.

15 - Kit viagem Caprice: Mochila, caneta, porta voucher e etiquetas;

Obs.:  Cafés da manhã e jantares nos hotéis. Almoços em restaurantes locais.

 

ITENS NÃO INCLUSOS NESTE PACOTE:

01 - Lavanderia / telefonemas / extras de qualquer natureza;

02 - Bebidas;

03 - Passaportes (daremos orientações);

04 - Visitas e passeios opcionais;

05 - Multa por excesso no número e peso de bagagens;

06 - Refeições servidas no quarto do hotel;

07 - Consumo do frigobar.

 

PARA INSCRIÇÃO, É PRECISO:

01 - Preenchimento da ficha de inscrição. Consulte nossos agentes de viagem;

02 - Contrato assinado com as formas de pagamentos acordada;

03 - Preenchimento da ficha de saúde;

 

PARA VIAGEM, É PRECISO:

01 - Passaporte com validade não inferior a 6 meses da data de retorno dessa viagem;

02 - Para brasileiros com dupla cidadania, aconselhamos a utilização do passaporte brasileiro para embarque;

03 - Certificado de vacinação internacional com o comprovante da vacina de febre amarela.

 

SOBRE O AÉREO DESTE PACOTE:
1- A aquisição dessa viagem é possível apenas com a compra do PACOTE COMPLETO (Parte Terrestre e Aérea);

2- Não será permitido desvincular do PACOTE a Parte Terrestre ou Parte Aérea;

3- Por ser tratar de um grupo, a Cia. Aérea tem como regra, exigir que todos os passageiros do grupo embarquem na mesma data no trecho da ida. Sendo assim, não é possível embarcar antes do grupo;

4- A Cia. Aérea libera a remarcação da data da volta (STOP no bilhete); Consulte a CAPRICE TURISMO.

5- A remarcação da volta esta sujeito à disponibilidade e cobrança de taxas por parte da Cia. Aérea.

6-Por se tratar de bloqueio aéreo de grupo a CAPRICE TURISMO não consegue marcar os assentos. Desta forma, os assentos podem ser marcados diretamente no balcão da Cia aérea no momento do Check-in ou via internet á 24 horas antes do embarque caso esteja disponibilizado.

 

MOEDA A SER UTILIZADA NESTA VIAGEM:

1 - A moeda que poderá ser utilizada nesta viagem será: Dólar
*OBS: As notas de dólares utilizadas na viagem deveram ser as atuais, ou seja, as de “cara grande”, outras notas poderão não ser aceitas. Para maiores informações acesse:
https://www.youtube.com/watch?v=_K3T0TBdfi4 ou consulte a CAPRICE TURISMO.

 

ORGANIZAÇÃO:

Nossa equipe sempre estará disponível através dos nossos canais de atendimentos: telefones, e-mails e WhatsApp.

No nosso canal do YOUTUBE: DESTINOS COM CARLOS CAPRICE, temos muitas informações, curiosidades, filmes com documentários próprios sobre EGITO, MONTE SINAI e ISRAEL, bem como outros destinos. Inscreva-se...  

Segue link para o acesso: https://www.youtube.com/channel/UCukibbDXBHKdUugi1R6ENpQ



VALOR DO PACOTE POR PESSOA: 

U$ 4.800,00 Dólares

Para acomodação em quarto duplo.

Para acomodação em quarto Single (individual), acréscimo de  U$ 850,00.

 

FORMA DE PAGAMENTO: 

- Nas opções de pagamentos abaixo o valor das parcelas serão na moeda do pacote;

- O valor da parcela será convertido para Reais com base no câmbio da moeda do pacote, do dia do pagamento, que diariamente estará disposto no site da Caprice Turismo -  www.capricetour.com.br

- Os pagamentos poderão se efetuados através de depósito, Pix ou transferência bancária;

 

1ª Opção: Parcelamento do valor total do pacote.

- Nesta opção, você poderá parcelar o valor do pacote sem juros até 30 dias antes do embarque;

- A quantidade de parcelas serão os meses que antecedem a viagem;

- Veja abaixo a tabela com os valores das parcelas de acordo com o mês de inicio dos pagamentos:

 PARA FECHAMENTO DO CONTRATO EM:

QUANTIDADE DE PARCELAS

VALOR

MOEDA

jul/22

15 Parcelas

 $    320,00

Dólar

ago/22

14 Parcelas

 $    342,86

Dólar

set/22

13 Parcelas

 $    369,23

Dólar

out/22

12 Parcelas

 $    400,00

Dólar

nov/22

11 Parcelas

 $    436,36

Dólar

dez/22

10 Parcelas

 $    480,00

Dólar

jan/23

9 Parcelas

 $    533,33

Dólar

fev/23

8 Parcelas

 $    600,00

Dólar

mar/23

7 Parcelas

 $    685,71

Dólar

abr/23

6 Parcelas

 $    800,00

Dólar

mai/23

5 Parcelas

 $    960,00

Dólar

jun/23

4 Parcelas

 $1.200,00

Dólar

jul/23

3 Parcelas

 $1.600,00

Dólar

ago/23

2 Parcelas

 $2.400,00

Dólar

set/23

1 Parcela

 $4.800,00

Dólar

 

2ª Opção: Entrada de 40% do valor do pacote e saldo de 60%.

- Entrada de 40% do valor do pacote, que poderá ser dividido em até 2 vezes.

- Saldo de 60% do valor do pacote, que deverá ser quitado até 45 dias antes do embarque.

 

3ª Opção: Parcelamento via Cartão de Crédito.

- Pagamento via Cartão de Crédito com acréscimo. Consulte-nos.

- Possibilidade de estender os pagamentos em mais vezes após o embarque, com acréscimo.

 

4ª Opção: Parcelamento Personalizado.

- Informe as suas possibilidades de pagamentos, para que possamos adequar um plano personalizado.  Consulte-nos.

 

Para maiores informações, consulte nossos agentes de viagens