Turquia e Israel

RESUMO DO ROTEIRO - LEITURA RÁPIDA.

TURQUIA:

VISITAS EM ISTAMBUL - ESTREITO DE BÓSFORO / PALÁCIO TOPKAPI - GRANDE BAZAR / HIPÓDROMO / A MAJESTOSA MESQUITA AZUL / SANTA SOFIA / CISTERNA DA BASÍLICA YEREBATAN / PARTINDO DE ISTAMBUL PARA KAYSERİ NA CAPADÓCIA DE AVIÃO / VISITA À CIDADE SUBTERRÂNEA DE KAYMAKLI / A DESLUMBRANTE CAPADÓCIA – O ENCANTADOR VALE DO GÖREME - IGREJAS RUPESTRES / *POSSIBILIDADE DE PASSEIO DE BALÃO / CAPADÓCIA / PASSAGEM POR KONYA / BALNEÁRIO DE PAMUKKALE / FORMAÇÕES VULCÂNICAS “CASTELO DE ALGODÃO”, E AS TERMAS CLEÓPATRA / ÉFESO / IGREJA DE SÃO JOÃO / CASA DA VIRGEM MARIA / KUSADASI (ÉFESO) / ESMIRNA - EMBARQUE COM DESTINO A ISRAEL  COM CONEXÃO EM ISTAMBUL.

 

ISRAEL:

TEL AVIV / JAFA (JOPE) / CESAREIA MARÍTIMA / HAIFA - MONTE CARMELO - IGREJA STELLA MARIS - GRUTA DO PROFETA ELIAS - JARDINS PERSAS BAHAIM / NAZARÉ / TIBERÍADES - PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA / MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS/ PRIMADO DE PEDRO, MENSA CHRISTI / TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES / CAFARNAUM / RUINAS DA CASA DE SÃO PEDRO/ RIO JORDÃO COM POSSIBILIDADE DE RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS BATISMAIS / CANÁ DA GALILEIA - COM POSSIBILIDADE DE RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS MATRIMONIAIS / MONTE TABOR O MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO / JERICÓ / MAR MORTO / DESERTO DA JUDEIA / QUMRAN / BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE / CAMPO DOS PASTORES / EIN-KAREM / JERUSALÉM / MONTE DAS OLIVEIRAS / PANORÂMICA DE JERUSALÉM E DO VALE DO CEDRON / IGREJA DAS LÁGRIMAS DO SENHOR “DOMINUS FLEVIT” / GETSÊMANI / BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS / CENÁCULO / TUMBA DE DAVI / BASÍLICA DA DORMIÇÃO DE MARIA / CASA DE CAIFÁS  - IGREJA DE SÃO PEDRO DO GALICANTO   / MURO DAS LAMENTAÇÕES / JERUSALÉM / PORTA DAS OVELHAS / TANQUE DE BETESDA E IGREJA DE SANTA ANA / VIA DOLOROSA E SANTO SEPULCRO / TEMPO LIVRE NO MERCADO DO PORTÃO DE JAFFA E MAMILA CENTER.

 

ROTEIRO COMPLETO – LEITURA DETALHADA.  

 

1º DIA. 11/MARÇO/2022 (Sexta)

GUARULHOS – SP / AEROPORTO DE GUARULHOS – SP / ENCONTRO COM A EQUIPE CAPRICE.

Em horário a ser determinado, encontro do grupo no Aeroporto Internacional de Guarulhos - SP (CUMBICA). Procedimentos de embarque com total apoio da equipe CAPRICE.

 

2º DIA. 12/MARÇO/2022 (Sábado)

EMBARQUE EM GUARULHOS - SP / DESEMBARQUE EM ISTAMBUL / TURQUIA.

Após os procedimentos de check in, e embarque em voo com destino a Istambul.

Desembarque em Istambul no período da noite.

Recepção de nossa equipe local no aeroporto.

Transfer em transporte exclusivo ao grupo com destino ao hotel.

Hospedagem e descanso.

INCLUSO: LANCHE RECEBIDO NOS QUARTOS, DEVIDO AO HORÁRIO DE CHEGADA AO HOTEL (LANCHE IN BOX).

 

3º DIA. 13/MARÇO/2022 (Domingo)

ISTAMBUL - HIPÓDROMO – A MAJESTOSA MESQUITA AZUL - SANTA SOFIA – CISTERNA DA BASÍLICA YEREBATAN.

HIPÓDROMO E PRAÇA DO SULTÃO AHMET:

Após café da manhã, dia todo para visitar Istambul, incluindo o Hipódromo Romano, também conhecido atualmente, como a Praça do Sultão Ahmet. Sua construção começou no início do século III sob o domínio do império Romano, onde, no seu auge, abrigava corridas de bigas. Foi palco de execuções públicas, bizarras manifestações públicas e eventos em que os imperadores pudessem aparecer.

 

A MAJESTOSA MESQUITA AZUL:

Visitaremos a Mesquita Azul, a famosa Mesquita do Sultão Ahmet construída entre 1609 a 1616. No Islamismo o número de minaretes, ou torres, é proporcional importância da mesquita. A maioria tem entre dois a quatro minaretes.  Mas a Mesquita Azul é diferente, os minaretes são um show a parte, pois no início do século XVII, o jovem sultão Ahmet, de apenas 19 anos, pediu ao arquiteto a façanha de seis minaretes para o projeto da sua grandiosa Mesquita. Do alto dessas torres, os muçulmanos são chamados para as cinco orações diárias. O curioso é que a Mesquita Azul, na verdade não é azul por fora, o azul vem de dentro. O nome tem origem na cor azulada refletida por mais de 20 mil azulejos em seu interior, alguns deles estão ali desde o século XVII. A claridade que proporciona esse efeito magnífico provém de cerca de 260 janelas no interior da Mesquita Azul. É a maior das mesquitas de Istambul.

 

BASÍLICA DE SANTA SOFIA (Agia Sophia):

Em seguida visitaremos a Basílica de Santa Sofia, uma praça separa a Mesquita Azul, da Basílica. Parece que uma observa a outra eternamente, nos jardins entres os dois monumentos tiraram-se as melhores fotos. Santa Sofia (Agia Sophia) significa "Sagrada Sabedoria” é uma obra prima, foi construída no ano de 573 d.C. pelo imperador Justiniano com a ambição de que fosse a maior igreja do mundo. E certamente foi, pelos 800 anos seguintes do Império Bizantino, quando a então Constantinopla foi tomada pelos Otomanos. Foi construída e decorada com tijolos, mármores, granitos e azulejos vindos de várias partes do mundo. Um verdadeiro espetáculo sustentado por 107 colunas, 40 na nave e 67 nas galerias superiores.

 A partir de 1453, tornou-se Mesquita - função que teve por 481 anos até 1934 quando virou museu. No entanto até o presidente Turco, Tayyip Erdogan, assinou um decreto em Setembro de 2020 para que a antiga Basílica Bizantina de Santa Sofia fosse entregue às autoridades religiosas muçulmanas, abrindo caminho para que a construção de 15 séculos de existência seja reconvertida em Mesquita.

 

CISTERNA DA BASÍLICA YEREBATAN:

Sob o chão do bairro de Sultanahmet, no coração de Istambul, na Turquia ficam as galerias e túneis que serviram para armazenar a água da cidade na época do Império Bizantino, e tornaram-se uma das atrações mais conhecidas da cidade. A cisterna da Basílica Yerebatan é a maior das dezenas de cisternas construídas por Justiniano no ano 532, e se encontra bem perto da Basílica de Santa Sofia. Utilizando 336 colunas romanas, possui 140m de comprimento 70m de largura e 12m de altura, o lugar impressiona, mas atualmente não está mais todo tomado pela água. Existem passarelas que permitem que os visitantes caminhem entre as colunas de mármore que abrigava água suficiente para abastecer a cidade, principalmente durante algum cerco militar. As águas provinham de reservatórios próximos ao Mar Negro, escorrendo através de aquedutos de 20 km de extensão.  Foi utilizada até finais do século XIV como cisterna de água, e por volta do século XIX foi restaurada depois de ser usada como armazém de madeira.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

4º DIA. 14/MARÇO/2022 (Segunda)

VISITAS EM ISTAMBUL - ESTREITO DE BÓSFORO - PALÁCIO TOPKAPI - GRANDE BAZAR.

ISTAMBUL:

Após café da manhã, em horário a ser determinado, sairemos para visitas em Istambul, a cidade que ocupa dois continentes, dividida pelo estreito de Bósforo em duas partes, uma na Ásia e outra na Europa. Sua prodigiosa história e sua permanente atividade econômica devem-se à sua localização entre duas correntes da civilização: do Mediterrâneo ao Mar Negro da Europa à Ásia.

Até o ano 330 d.C. era chamada Bizâncio e, posteriormente, até 1453, Constantinopla. Em 29 de outubro de 1923, se estabeleceu a República e a capital passou a ser Ankara. O atual nome, Istambul, lhe foi outorgada em 1930 quando a República foi reconhecida. Foi a capital do Império Romano do Oriente e do Império Otomano. A grande maioria de sua população é Muçulmana, com minorias de Cristãos e Judeus.  É a sede do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla, cabeça da Igreja Ortodoxa.

É uma grande metrópole, sendo a maior cidade da Turquia, conta cerca de 13 milhões de habitantes na área metropolitana, uma cidade muito vibrante. Em 1985 foi declarada Patrimônio da Humanidade. É um museu a céu aberto.

 

ESTREITO DE BÓSFORO:

Iniciaremos o dia com um inesquecível passeio de barco de duas horas navegando para conhecer o famoso Estreito de Bósforo, que separa a cidade em dois os continentes: Asiático e Europeu. Tem enorme importância para o tráfego naval entre os países da antiga União Soviética e o resto do mundo. O tráfego de navios e barcos é grande. Possuindo assim uma importância geopolítica sem igual. Atinge 650 m até 4,5 km de largura com 35 km de extensão unindo o Mar de Mármara ao sul e o Mar Negro ao norte.

Em toda a sua extensão, durante o passeio de barco apreciaremos cafés e restaurantes, casas antigas de madeira turca, a Torre da Moça, mesquitas, palácios, a Fortaleza de Hisar construída pelos Turcos entre os séculos XIV e XV e também a Universidade do Bósforo (universidade mais importante da Turquia), onde as aulas são em inglês.

 

PALÁCIO TOPKAPI:

Em seguida, visitaremos o bonito Palácio Topkapi, um complexo de prédios que traçam a história do Império Otomano. É o museu mais visitado da Turquia, construído em 1475 por Maomé II, o conquistador.  Seu nome significa porta do canhão. Foi o palácio residencial onde diversos sultões Otomanos viveram entre os séculos XV e XIX. É um deslumbre e merece ser mostrado para você. Iniciaremos a nossa visita no palácio, pelo complexo do Harém, a área onde residiam as mulheres do Sultão. A vida dentro do Harém, com dezenas de mulheres vindas de todo o império, não era nada fácil. Era repleta de intrigas e lutas pelo poder — todas queriam se tornar a favorita do soberano e garantir que um de seus filhos se tornasse o futuro mandatário. Além de belas salas, o Palácio Topkapi guarda algumas surpresas como a Biblioteca de Ahmet III. Preciosidades como tapetes, relógios, cerâmicas, cristais e pratarias. Mas nada se compara à exposição do Tesouro, onde uma profusão de joias o aguardará, como a armadura de diamantes de Mustafá III, tronos, a deslumbrante adaga cravejadas de pedras preciosas, e um diamante de 86 quilates, além de roupas e relíquias sagradas para os Muçulmanos e um item muito curioso “pelos da barba do profeta Maomé”. Trata-se de um impressionante acervo, acumulado durante quase 500 anos de poderio otomano.

 

GRANDE BAZAR TURCO:

Em seguida iremos para o *Grande Bazar. Tempo livre. O Bazar Coberto é a atração mais visitada de Istambul, um grande labirinto de lojas, com quase 4 mil, que é praticamente uma cidade com bancos, restaurantes, mesquitas e posto policial. Nesse bazar, você encontra de tudo. Diga que é brasileiro e divirta-se com os simpáticos comerciantes turcos.

O número de visitantes diários entre locais e turistas oscila entre os 300 e 500 mil, dependendo da época, é ponto de encontro de turistas do mundo todo. O Grande Bazar se distribui em 64 ruas acessadas por 22 portas.

*Não aberto aos domingos e feriados.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

NOTA IMPORTANTE PARA O SEU CONFORTO:

No dia seguinte o grupo terá um voo de Istambul para a Região da Capadócia;

O grupo ira embarcar apenas com a mala de mão (limite 8 kg);

O grupo não ira despachar a mala grande, pois, o limite de bagagem é de apenas 20 kg.

A mala grande seguirá viagem em ônibus privado até o hotel. Quando o grupo chegar ao hotel as malas já estarão disponíveis.

Sendo assim, o grupo terá que disponibilizar a MALA GRANDE neste dia até às 19h, para ser colocada no ônibus e seguir viagem terrestre.

 

5º DIA. 15/MARÇO/2022 (Terça)

PARTINDO DE ISTAMBUL PARA KAYSERİ NA CAPADÓCIA, DE AVIÃO - VISITA À CIDADE SUBTERRÂNEA DE KAYMAKLI.

Café da manhã e transfer até ao aeroporto de Istambul. Procedimentos de embarque e voo de 50 minutos com destino à cidade de KAYSERİ.

 

KAYMAKLI A CIDADE SUBTERRÂNEA:

Desembarque e viagem para região de Capadócia, onde visitaremos a impressionante cidade subterrânea de Kaymakli. Uma das dezenas existente na região da Capadócia, neste caso em especial a incrível Kaymakli descoberta em 1964.

As primeiras escavações no calcário poroso da Capadócia remontam, talvez, a época dos hititas, em torno de 1300 a.C..

Kaymakli è uma das maiores cidades subterrâneas da Capadócia. São 4 andares para o interior da terra liberados para visitas, e nestes andares podemos ver espaços destinados para manter animais, lugares para cultos, lugar para pisar a uva  e produzir vinho, cozinhas, padaria, quartos, celeiros, chaminés, túneis para renovação de ar. Realmente é uma estrutura grande e complexa.

 

REFÚGIO PARA OS CRISTÃOS PERSEGUIDOS PELO IMPÉRIO ROMANO:

Mais tarde estas cidades subterrâneas passaram a ser refúgio para cristãos perseguidos pelo Império Romano, até o Édito de Milão, promulgado em 313 pelo imperador Constantino onde assegurava a tolerância e liberdade de culto para com os cristãos, alargada a todo o território do Império Romano. Em torno de 8 mil cristãos, fugindo das perseguições romanas, ali encontraram refúgio.  Mais tarde, a partir do século VII, mais povos se refugiaram na região para escapar de invasões Omíadas e Abássidas. Durante séculos, a cidade foi expandida, contando no final com quilômetros de galerias.

 

RESERVA PARA O OPCIONAL PASSEIO DE BALÃO A SER REALIZADO NO DIA SEGUINTE:

Após visita, retorno para o hotel. Na chegada do hotel, com a organização do nosso guia, haverá oferecimento de um opcional passeio de balão para o dia seguinte. Para os interessados em uma hora de voo de balão sobre as lindas formações da Capadócia, o pagamento terá que ser realizado direto para os representantes da empresa de balão que estarão no hotel à espera do grupo. O passeio será realizado no dia seguinte saindo do hotel 5h da manhã. Início do voo 05h45min. Retorno para hotel 07h30min para o café da manhã e saída para o passeio na Capadócia.  Por questões climáticas, como chuva, muito vento, ou outros fatores, o passeio poderá não acontecer.

Hospedagem e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

6º DIA. 16/MARÇO/2022 (Quarta)

A DESLUMBRANTE CAPADÓCIA – O ENCANTADOR VALE DO GÖREME - IGREJAS RUPESTRES / *POSSIBILIDADE DE PASSEIO DE BALÃO.

Neste dia bem cedo, para os que fizeram a reserva (no dia anterior) terão o sobrevoo de balão sobre as impressionantes paisagens da Capadócia.

 

UM INESQUECÍVEL VOO DE BALÃO SOBRE A CAPADÓCIA: (opcional)

Uma experiência incrível e inesquecível! Balões coloridos, em quantidade 50 a 60 enfeitam ainda mais as belíssimas paisagens naturais da região. O nascer do sol é um dos fenômenos naturais mais lindos do mundo. No entanto, na Capadócia a alvorada ganha ainda mais beleza ao contrastar os tons multicoloridos das formações geológicas com o show dos balões coloridos despontando no horizonte. Durante este lindo voo, você vai se encantar com o cenário cinematográfico da Capadócia, voando por cima das formações milenares e apreciando o contraste produzido pelo sol nascendo, e o multicolorido das montanhas e das Chaminés de Fada. Após o voo, retorno para o hotel para o café da manhã.

 

CONHECENDO A CAPADÓCIA E SUAS INCRÍVEIS FORMAÇÕES:

Após o café, sairemos para um dia todo dedicado a conhecer a Capadócia e o encantador Vale do Goreme. Todas aquelas lindas paisagens que você viu durante o passeio de balão: agora você vai passear entre elas! Será um dia para nunca se esquecer!

 A bela região da Capadócia foi uma província romana e uma grande região na parte oriental da Ásia Menor. Visitar a Capadócia é como estar em outro planeta. Casas entalhadas nas paredes das rochas garantem uma paisagem parecendo cenário de filme (que, aliás, já foi de vários). As montanhas, as cavernas, o deserto, tudo será muito diferente do que você já viu. A paisagem é dominada por grandes rochas cônicas e avermelhada, conhecida como Chaminés de Fada.

A Capadócia é daqueles lugares que você se pergunta, como surgiu tanta beleza variada e tão única numa só região? São incríveis! É um daqueles lugares que palavras não descrevem e fotos não revelam tudo. Só estando lá para compreender as maravilhas que a natureza é capaz de fazer. Ali, durante milhares de anos, várias civilizações escavaram as paredes das montanhas para construir suas casas. O resultado é fantástico. A impressão que se tem é a de um condomínio pré-histórico, com todos aqueles buracos nas rochas de calcário. Ocupa um planalto com altitude média de 900m acima do nível do mar. Embora os seus limites tenham variado ao longo da história, basicamente tinha ao norte, a Galácia e a Licônia a oeste, a Cilícia e os Montes Tauro ao sul e a Armênia e o alto Rio Eufrates a leste.

 

O ENCANTADOR VALE DO GÖREME:

Visitaremos o Vale do Göreme.  Com apenas 6 mil habitantes, Göreme é uma cidade incrível, como você nunca viu antes. A vila colorida de casas de pedras, hotéis-cavernas, tomada por formações rochosas que parecem cogumelos. É uma das mais importantes da região. A quantidade de grutas escavadas é enorme. Visitaremos a aldeia de Uchisar. O Göreme é basicamente uma coleção de hotéis-cavernas, restaurantes, alguns bares e lojas, a cidade de Uchisar e Ürgüp, incrivelmente cresceram entre as formações, criando uma imagem impressionante, linda e hollywoodiano.

 

GÖREME – IGREJAS RUPESTRES - HISTÓRIAS ESCULPIDAS NAS PEDRAS:

Visitaremos um dos principais tesouros do Göreme, que são suas igrejas rupestres. Um incrível complexo monástico Bizantino integrado por igrejas escavadas na rocha. Existem entre 400 e 500 igrejas na região. As mais antigas datam provavelmente do século VI, embora a maior parte date dos séculos X e XI. São tantas construções que a cidade criou o Museu a Céu Aberto em seus arredores. O destaque são justamente as igrejas entalhadas nas rochas. Como muitos Cristãos se refugiaram por ali na época do Império Romano, as grutas escondiam diversos templos. Decoradas em estilo Bizantino, têm vários afrescos e mosaicos Católicos, muitos estão em ótimo estado de conservação.

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

7º DIA. 17/MARÇO/2022 (Quinta)

CAPADÓCIA / PASSAGEM POR KONYA / BALNEÁRIO DE PAMUKKALE.

Após café da manhã, saída para Icônio (atualmente Konya). Era uma cidade grega situada entre uma planície fértil muito grande que se estendia ao norte e ao leste do planalto central do distrito de Licaônia. Foi capital do Império Selêucida nos séculos XII e XIII, e durante esse período era o centro da cultura de toda a Turquia. Esta cidade também tem a sua própria lenda, já que se diz que foi um dos primeiros lugares que ressurgiu das águas caídas durante o Dilúvio Universal. É centro de peregrinação muçulmana, sendo a cidade mais religiosa da Turquia. Lá está localizado o túmulo de Mevlana e os Dervixes e sua dança rodopiante, que representa a ordem Mevlana do Sufismo.

 

KONYA, A CIDADE SANTA TECLA:

É a segunda cidade em importância desta área depois de Ankara. É cidade de Santa Tecla, a primeira mártir do sexo feminino da Igreja Cristã (Século I). O único registro que se conhece sobre ela é proveniente do livro apócrifo, do século II, chamado "Atos de Paulo e Tecla", onde ela é mencionada como seguidora do Apóstolo Paulo. Santa Tecla vivia na atual cidade de Konya.

 

APÓSTOLO PAULO EM KONYA:

Paulo visitou a cidade de Icônio nas três viagens missionárias, (At 14:19). Ao contrário da Antioquia da Pisídia, onde Judeus e os aristocratas expulsaram Paulo e seu companheiro. A multidão de Icônio ameaçou apedrejá-los, e quase foram mortos. Paulo e Barnabé fugiram da cidade para o sul, para Listra e Derbe.

Continuação para Pamukkale, famosa pelas "termas" de águas quentes.

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

8º DIA. 18/MARÇO/2022 (Sexta)

PAMUKKALE – FORMAÇÕES VULCÂNICAS “CASTELO DE ALGODÃO”, E AS TERMAS CLEÓPATRA.

PAMUKKALE – CASTELO DE ALGODÃO:

Após café da manhã visita à Pamukkale.

Pamukkale faz parte da lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, tanto pelo seu valor natural quanto cultural.  Classificado pelas suas nascentes de água quente, como pelas ruínas da antiga capital Frígia. Fica situada na região ocidental da Turquia, junto ao Rio Meandro. Seus registros datam do período helenístico, quando as suas fontes termais naturais transformaram a cidade de Hierápolis, fundada em 197 a.C. em um centro de cura.

As águas são claras, mas não são transparentes, por terem muitos minerais. Turistas vão de roupa de banho e ficam deitados nos pequenos tanques de calcário como se fosse uma banheira com hidromassagem de 35°C. As piscinas (tanques) são em forma de degraus e se estende por mais de 100 metros. Pamukkale está localizada em uma montanha de calcário com quase 200 metros de altura, de longe parece um pico nevado, mais próximo parece que foi pintado de branco, seu nome em turco é Castelo de Algodão, não é neve, tão pouco tinta ou algodão, mas cálcio impregnado há séculos nas encostas da montanha proveniente das profundezas da terra junto com a água quente termal, cheias de propriedades terapêuticas.  É um cenário paisagístico de encher os olhos.

 

PISCINA CLEÓPATRA: Meio dia livre nas águas medicinais.

Outra piscina conhecida como piscina de Cleópatra, onde poderemos entrar (pagando a parte) está sobre as antigas colunas de um templo romano, com águas termais que chegam a 36°C. De acordo com a lenda, era frequentada pela rainha do Egito que acreditava no poder curativo e rejuvenescedor daquela água, que ficou conhecida então como Fonte da Beleza. Ao entrar desviraremos das colunas e capitéis caídos da época dos romanos, com suas águas límpidas e claras, que não deixa dúvida de sua localização e depois é só relaxar em suas águas quentes e medicinais.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

9º DIA. 19/MARÇO/2022 (Sábado)

PAMUKKALE / ÉFESO / IGREJA DE SÃO JOÃO / CASA DA VIRGEM MARIA / ESMIRNA.

Café da manhã e viagem até a belíssima cidade de Éfeso.

 

A CASA DA VIRGEM MARIA:

Também visitaremos a casa da Virgem Maria.  A casa foi declarada um santuário da Igreja Católica Romana em 1896, e desde então se tornou um lugar popular de peregrinação. Foi funcionando como uma capela por mais de um século. O Papa Paulo VI visitou o santuário em 26 de julho de 1967. Após a chegada do Papa, cerca de 1,5 milhões de Católicos visitam o local no alto de uma colina anualmente.

A montanha está localizada a cerca de 500 metros acima do nível do mar. Este é um lugar espiritual. Não só os cristãos, mas muçulmanos também visitam a casa, pois Maria é mencionada no Alcorão muitas vezes.

O Papa Bento XVI visitou a Casa da Virgem Maria em 29 de novembro de 2006, bem como Paulo VI e João Paulo II.

 

UMA VIAGEM NO TEMPO PELA FASCINANTE HISTÓRIA DE ÉFESO:

Em 133 a.C. Éfeso  foi declarada capital da Província Romana da Ásia. O nosso passeio a pé se iniciará pela parte alta, onde andaremos por centenas de colunas ainda com seus capitéis, teatro e mosaicos, que aos poucos vai nos dando a dimensão da cidade magnífica que era em seu apogeu. Mas a grandiosidade de Éfeso ficará por conta da segunda parte da visita quando iniciaremos a descida rumo à biblioteca de Celso. A magnífica vista que se descortina a sua frente é de tirar o folego!  Tente construir em sua mente como seria há dois mil anos atrás aquilo que ainda hoje é espetacular.

A rua com calçamento de pedra (cardo romano) abre a sua frente como um convite a percorrê-la, pertencia à época dos romanos e ainda hoje pode ser vista praticamente intacta, com as calçadas, sarjetas, marcas das rodas das carroças, (prova inequívoco do pesado trânsito que havia na cidade) bueiros para coletas de água de chuva, banheiros públicos coletivos, rede de água e esgoto.  Como uma passarela iniciaremos a descer pela rua Ladeada por colunas, belas estátuas e fachadas de templos, parecendo que há dois mil anos foi uma das mais lindas ruas da antiguidade.  Guardado devidas proporções, em Éfeso percebemos que as cidades atuais, são resultados do aperfeiçoamento da engenharia das antigas cidades romanas. Em Éfeso ainda se pode ver um dos maiores teatros do mundo na época, com capacidade para 25 mil espectadores de uma população total estimada em cerca de 400 mil a 500 mil habitantes. Era a quinta mais populosa cidade do império.

A cidade era célebre pelo Templo de Ártemis, construído por volta de 550 a.C., uma das sete maravilhas do mundo. O templo foi destruído, juntamente com muitos outros edifícios, em 401 d.C. por uma multidão liderada por São João Crisóstomo.  O imperador Constantino I reconstruiu boa parte da cidade e ergueu novos banhos públicos, porém a cidade foi novamente destruída por um terremoto, em 614. Éfeso foi o maior centro de comércio exterior que havia na Ásia, mas diminuiu a medida que o seu porto começou a ser assoreado pelo rio Caístro, segundo o historiador Estrabão (64 a.C. – 25 d.C.).

 

APÓSTOLO PAULO EM ÉFESO:

Éfeso foi uma das Sete Igrejas da Ásia citadas no livro bíblico do Apocalipse. Nos tempos apostólicos, Éfeso foi uma das cidades do Império Romano onde o Cristianismo mais se difundiu. Paulo de Tarso e João Evangelista pregaram na cidade, e nela Paulo quase perdeu a sua vida. A Igreja que havia em Éfeso foi destinatária de uma das sete cartas ás igrejas da Ásia mencionadas no Apocalipse, juntamente com Esmirna, Pérgamo, Sardes, Tiatira, Filadélfia e Laodicéia. A cidade também foi sede de dois concílios (o Primeiro e o Segundo Concílio de Éfeso). O apóstolo Paulo viveu e pregou nesta cidade por dois anos, e quase perdeu a sua vida quando pregou contra o culto a deusa Diana.(At. 19,23-41)

 

BIBLIOTECA DE CELSO:

Chagaremos no que restou de uma das maiores atrações de Éfeso, a Biblioteca de Celso. Ela foi construída para abrigar um total de 12 mil pergaminhos e também ficou conhecida por ser o local onde os restos mortais do senador romano Tiberius Julius Celsus foram enterrados. A biblioteca foi construída por seu filho, Gaius Aquila.  A construção começou aproximadamente no ano 117 d.C. e foi concluída por volta do ano 120 d.C. Celso foi enterrado por baixo da biblioteca, junto à sua entrada, onde a estátua de Atena, a deusa da sabedoria, se encontra.

 

BASÍLICA DE SÃO JOAO EVANGELISTA E SEU TÚMULO:

Em uma colina próxima visitaremos as ruínas da igreja de São João onde encontra o seu túmulo. É o local que São João viveu após o retorno da Ilha de Patmos. A pequena igreja na colina foi dedicada ao apóstolo João que escreveu o livro do Apocalipse. Esta pequena igreja foi substituída por uma grande basílica construída pelo imperador Justiniano no século VI. Foi a segunda maior igreja na Anatólia. As impressionantes ruínas da basílica ainda são visíveis, e tem sua construção em forma de cruz. Sob a cúpula central está a tumba de São João.

Viagem até a cidade de Esmirna. Hospedagem e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

10º DIA. 20/MARÇO/2022 (Domingo)

ESMIRNA - EMBARQUE COM DESTINO A TEL AVIV – ISRAEL, COM CONEXÃO EM ISTAMBUL.

Café da manhã e transfer até o aeroporto.

Procedimentos de embarque e voo com destino a Tel Aviv – Israel. Voo com conexão em Istambul.

Desembarque no Aeroporto Internacional de Tel Aviv – Israel.

Recepção por nossa equipe local e transfer em ônibus exclusivo ao grupo, ao hotel.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ E JANTAR.

 

11º DIA. 21/MARÇO/2022 (Segunda)

TEL AVIV / JAFA (JOPE) / CESAREIA MARÍTIMA / HAIFA - MONTE CARMELO - IGREJA STELLA MARIS - GRUTA DO PROFETA ELIAS - JARDINS PERSAS BAHAIM / NAZARÉ.

TEL AVIV / JAFA (JOPE):

Após café da manhã, breve City Tour pela cidade de Tel Aviv e vista à Jope ou Jafa, antiga cidade portuária que marca a presença de Pedro e do Profeta Jonas, hoje parte integrante de Tel Aviv, que se transformou em uma colônia de artistas. É a antiga cidade da herança da tribo de Dã. De Jope, o profeta Jonas embarcou para Tarsis (Jn, 1-3). Também era aldeia onde residia Dorcas  (At 9:36). Em Jope, Pedro tem a visão do lençol contendo animais puros e impuros segundo a visão do Judaísmo (At 11:5), local da casa de Simão, o curtidor (At 10:6).

 

CESAREIA MARÍTIMA:

Prosseguimento pela estrada litorânea, a antiga Via Maris, para chegar à Cesareia Marítima. Passaremos ao longo desse dia, visitando os seguintes locais: as belíssimas escavações de Cesareia Marítima, cidade construída por Herodes, que a dedicou ao imperador romano César Augusto. Também foi residência oficial de Pilatos. Nesta cidade, o apóstolo Paulo ficou preso por dois anos antes de ser enviado para Roma (At 27). A cidade ainda está em constantes escavações. Cesareia era belíssima! Hoje, podemos ver as ruínas do que foi no passado o Palácio de Pilatos, que se destacava à beira do Mediterrâneo. No enorme hipódromo, em estilo romano, ainda há arquibancadas e murais com afrescos originais. Ainda em Cesareia, veremos o belo teatro ao ar livre construído por Herodes, onde, ainda hoje, são realizados shows, peças teatrais e musicais.

 

HAIFA - MONTE CARMELO - IGREJA STELLA MARIS - GRUTA DO PROFETA ELIAS

Prosseguiremos em direção norte pela Costa do Mediterrâneo, até ao Monte Carmelo, onde segundo a Bíblia, foi o local do memorável duelo espiritual entre os 450 profeta de Baal e o Profeta Elias que os venceu Baal (I Rs 18-19), levando, de novo, o povo de Israel à obediência ao Deus.  O Carmelo é uma cadeia de montanhas, de rocha calcária, separado do sistema montanhoso da Samaria, prolongando-se até o Mediterrâneo, e terminando na cidade de Haifa. Tem 25 km de comprimento, e uma largura que varia entre dez e quinze km, com altitude média de 500m.

No Monte Carmelo, acredita-se que o local hoje ocupado pela Igreja Stella Maris e o convento da Ordem dos Carmelitas, guarda logo abaixo do altar da igreja à gruta onde o profeta ELIAS se escondeu da fúria do Rei Acabe e Jezabel.

Do Monte Carmelo temos uma bela vista da cidade de Haifa.

 

JARDINS PERSAS BAHAIM:

Terminaremos o dia em um City Tour em Haifa, nos Jardins Persas de Bahaim (pronuncia-se Barrai). Este jardim encanta turistas do mundo todo, possui 400 mil m2, com proteção da UNESCO, é uma das paisagens mais espetaculares do país. Visita sujeita a confirmação.

Segue viagem com destino a Nazaré, região da Galileia.

Hospedagem e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

12º DIA. 22/MARÇO/2022 (Terça)

NAZARÉ / TIBERÍADES - PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA / MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS/ PRIMADO DE PEDRO - MENSA CHRISTI / TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES / CAFARNAUM / RIO JORDÃO (POSSIBILIDADE DE RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS BATISMAIS).

PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA:

Café da manhã.

Iniciaremos um bonito passeio de barco no Lago da Galileia, também conhecido como Lago de Genezaré, onde Jesus caminhou sobre suas águas (Mt 14:22).

Relembraremos o milagre da Pesca Maravilhosa (Lc 5).  Os nomes Mar da Galileia, Lago da Galileia, Lago de Genezaré, Lago de Tiberíades, e Mar de Quinerete, são nomes diferentes mencionados na bíblia para o mesmo lago de água doce, que fica na linda e verdejante região da Galileia.

 

MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS:

Visitaremos o Monte das Bem Aventuranças, local onde Jesus ensinou aos seus discípulos o Sermão da Montanha.

Podemos dizer que, o lugar foi uma pequena “faculdade de Jesus” para com seus discípulos.

Foi neste lugar alto, em um belo cenário, que se descortina para a incrível beleza do Lago da Galileia, como um campus de uma universidade. Jesus ensinou verbalizando pela primeira vez aos seus discípulos e ao mundo, em uma verdadeira aula, todo o belo e insuperável capítulo 5 de Mateus, aula conhecida como, “As Bem Aventuranças”. Venha conhecer este lugar conosco.

 

IGREJA DO PRIMADO DE PEDRO - MENSA CHRISTI:

Chegaremos até as águas do Mar da Galileia, na Igreja do Primado de Pedro.

A Igreja se encontra-se em Tabgha, às margens Mar da Galileia, perto de Cafarnaum, a cidade de Jesus. Nesse local tranquilo, de belíssima paisagem, a tradição relembra a passagem escrita no livro de João 21 15:19.

A igreja atual conserva as bases da antiga, construída no século IV. No seu interior encontra-se uma pedra de calcário venerada como sendo a Mensa Christi (Mesa de Cristo). Neste local Jesus teria preparado os pães e peixes para os discípulos após sua ressurreição.

 

TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES:

Visitaremos também em Tabgha, o local da Primeira Multiplicação dos Pães e Peixes (Mc 6:30). Acredita-se que neste lugar o evento tenha acontecido, pois já era visitado desde os primeiros anos após a crucificação de Jesus. No lugar foi erguida por volta de 350 d.C.  uma pequena capela, descrita pela primeira vez em 380 d.C. pela peregrina Egéria em seu livro “Itinerarium”, hoje em ruinas a 50 metros da igreja atual.

Os bizantinos no século V construíram a Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes, que depois foi destruída pelos persas no século VII, e resgatada a partir de escavações arqueológicas no século XIX. Da antiga igreja, foram recuperados belíssimos mosaicos, onde estão desenhados os pães e peixes do milagre descrito na Bíblia. A imagem se transformou em uma das mais reproduzidas entre os souvenires de Israel.

O prédio atual construído em 1982 reproduz a antiga igreja.

 

CAFARNAUM:

Chegaremos à bíblica aldeia de Cafarnaum, às margens do Lago da Galileia, centro do ministério de Jesus nesta região, onde visitaremos o que sobrou da casa do apóstolo Pedro (Lc 4:38), protegida pela construção de uma igreja suspensa em cima destas ruínas.  Ainda em Cafarnaum, veremos ruína original da sinagoga em que Jesus pregava quando estava nesta cidade (Mc 1:21). Veremos também o total cumprimento da profecia de Jesus sobre esta cidade (Mt 11:23). Também conheceremos uma mó de azenha que Jesus se referiu no livro de (Mt 18). Sentados em bancos, à sombra de figueiras enormes, ouviremos relatos dos milagres de Jesus e outros acontecimentos realizados nesta aldeia, que foi sua residência, após ser expulso de Nazaré.

 

RIO JORDÃO:

Prosseguiremos para o Rio Jordão. Tempo para entrar na água, os que desejarem.

O Jordão nasce nas colinas do Golã em Banias, tem 160 km de extensão e termina no ponto mais baixo da terra no Mar Morto. Nunca foi um rio com forte atividade pesqueira, e nem é atualmente, mas é um dos rios mais famosos da Terra.

Retorno para Nazaré. Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.         

 

13º DIA. 23/MARÇO/2022 (Quarta)

NAZARÉ / CANÁ DA GALILEIA / MONTE TABOR.

NAZARÉ:

Após o café da manhã, seguiremos para visitar a pitoresca cidade de Nazaré, onde visitaremos a Igreja da Anunciação de Maria, construída para proteger as ruínas da casa de Maria e de José, local onde o anjo Gabriel encontrou com Maria e anunciou a ela o nascimento do Messias (Lc 1:6): “E o Santo que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus” (Lc 1:35).

Em Nazaré, bem perto da casa de Maria, visitaremos a cripta da Igreja de São José, onde pela tradição fica a carpintaria de José em uma caverna. Nichos existentes na parede da gruta para colocação de ferramentas demonstram ter sido no passado uma oficina.

O local, bem escondidinho, próximo da grandiosa basílica, teria sido identificado por arqueólogos do vaticano como local de uma carpintaria, e, que por Nazaré ser uma cidade muito pequena, logo os arqueólogos fizeram associação com o carpinteiro José.                                                                

Ao entrar no subsolo da pequena igreja de São José, construída em 1914, os visitantes poderão ver, sob um vidro no chão, o lugar onde Jesus teria trabalhado com seu pai carpinteiro.

 

CANÁ DA GALILEIA:

Saída para Caná da Galileia, para relembrar o Primeiro Milagre de Jesus, transformando água em vinho, onde visitaremos uma Igreja Franciscana que guarda em seu subsolo, restos de uma sinagoga de dois mil anos, e, segundo escavações arqueológicas realizadas, comprovou ser da mesma época do milagre, como Caná de dois mil anos, que era um pequeno vilarejo e não poderia haver mais que uma sinagoga.

 

MONTE TABOR:

Continuamos para a planície de Jesrael, a fim de fazer a subida no Monte Tabor (de vans) para visitar a Igreja da Transfiguração, onde teremos uma incrível vista de todo o vale.

Retorno para Nazaré. Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

14º DIA. 24/MARÇO/2022 (Quinta)

NAZARÉ / JERICÓ / MAR MORTO.

JERICÓ:

Café da manhã e saída com destino a Jericó, que hoje é um vilarejo palestino em pleno deserto da Judeia. Nosso objetivo é chegar próximo do sítio arqueológico da cidade da conquista de Josué, no final da peregrinação dos 40 anos pelo deserto, sendo a primeira cidade da conquista da Terra Santa. Veremos as ruínas da Jericó antiga. Visitaremos também o local de tradição onde ficava a árvore que Zaqueu, o cobrador de impostos subiu para ver Jesus passar, segundo nos conta os monges eremitas que habitam no Monte da Tentação a séculos.

Teremos uma bela vista do Monte da Tentação de Jesus e também do Monte Nebo, onde Moisés avistou a Terra Prometida, local também de sua morte.

 

MAR MORTO:

Seguiremos viagem com destino até o hotel Spa as margens do Mar Morto. Chegada e almoço no Hotel.

Tarde livre nas águas nas águas medicinais do Mar Morto. Esta parada no Mar Morto é fantástica, onde você poderá comprovar que realmente  você não afunda nas águas, mas simplesmente flutua devido à alta densidade de suas águas com 40% de sal, enquanto que nos mares e oceanos tem apenas de 4 a 6%. Lugar maravilhoso! 

O Mar Morto é conhecido na Bíblia e ao longo da história, como Mar de Sal,  Mar de Arabá e Mar de Betume. É próximo a região de Zoar e da Bíblica Sodoma e Gomorra (Gn 19:24).

Está situado a 400 m abaixo do nível do Mar Mediterrâneo, sendo o ponto mais baixo que temos na Terra, tendo 76 Km de comprimento e 17 km de largura.

Na outra margem, do lado da Jordânia, se encontram as Campinas de Moabe.

“Aproveite para entrar nas águas no Mar Morto, ou utilizar as piscinas cobertas do hotel Spa, com águas aquecidas, também do Mar Morto. Flutuar em águas quentes do Spa do hotel, é algo incrível e relaxante!”

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

15º DIA. 25/MARÇO/2022 (Sexta)

MAR MORTO/ QUMRAN / BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE / CAMPO DOS PASTORES / EIN KAREM / BELÉM.

QUMRAN:

Café da manhã. 

Iniciaremos a nossa viagem margeando o Mar Morto com destino às Cavernas de Qumran, onde em 1947 foram descobertos os rolos do Mar Morto contando grande parte dos livros do Velho Testamento, sendo as cópias mais antigas que se têm notícias. 

 

BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE:

Sairemos em direção a Judéia, para a cidade de Belém, onde iremos visitar a gruta onde nasceu Jesus. Foi a partir do ano 340 d.C. que a Gruta da Manjedoura passou a ser protegida pela construção da Igreja da Natividade realizada a pedido da Imperatriz Helena. 

“Naqueles dias, foi publicado um decreto de César Augusto, convocando toda a população do império para recensear-se”. Todos tinham que alistar-se, cada um à sua própria cidade. Assim José saiu da Galileia, da cidade de Nazaré para a Judéia, a cidade de Davi, chamada Belém. Por ser ele da casa e da família de Davi, a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. “Estando eles ali, aconteceu que ao completar os dias, ela deu a luz a seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar na hospedaria” (Lc. 2). 

 

CAMPO DOS PASTORES:

Seguiremos com destino ao Campo dos Pastores. Nesta região, Davi apascentava o gado de seu pai quando foi ungido rei, pelo Profeta Samuel (I Sm 16 1:13) e, três gerações antes, a sua bisavó Rute colhia nos campos de trigo e cevada atrás de Boaz (Rt 2 117). Séculos mais tarde, quando chegou o momento da vinda do Filho de Deus à terra, ali ocorreu o primeiro anúncio do nascimento de Jesus: Havia naquela região pastores que passavam a noite nos campos, tomando conta do rebanho. Um anjo do Senhor lhes apareceu, e a glória do Senhor os envolveu de luz. Os pastores ficaram com muito medo. O anjo então lhes disse: “Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma grande alegria, que será também a de todo o povo: hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor! E isto vos servirá de sinal: encontrareis um recém-nascido, envolto em faixas e deitado numa manjedoura” (Lc 2 8:12).

Embora o relato do Evangelho não permita identificar com certeza o lugar daquela aparição, os Cristãos primitivos o situaram numa localidade a cerca de quatro ou cinco quilômetros de Belém, onde se encontra hoje a povoação de Bet Sahur: "a casa dos vigias". São Jerônimo menciona-a (em Epístola CVIII. Epitaphium Sanctae Paulae, 10), associando-a com o local "a torre de Ader" ou "do rebanho", onde Jacó estabeleceu o seu acampamento após a morte de Raquel (Gn 35:21). No período Bizantinofoi edificado ali um santuário dedicado aos pastores. Existiu também um mosteiro, mas de tudo isto só havia ruínas quando os cruzados chegaram.

 

EIN KAREM:

Chegaremos em Ein Karem, uma antiga vila rural onde os judeus vivem ali há milhares de anos. Após o império Romano vieram para a região os Cristãos e mais tarde os Mulçumanos. Nos dias de hoje o vilarejo é considerado uma região rural nobre nos subúrbios de Jerusalém. O ambiente com Igrejas Sinagogas e as Mesquitas neste vilarejo pluralista, tornam o ambiente muito especial.

Este local é conhecido desde o tempo do profeta Jeremias, que aconselhou as crianças da tribo de Benjamim a "No topo de Bet-Acarem (hoje, Ein karem) erguei uma bandeira!" quando invasores estrangeiros se aproximavam de Jerusalém (Jeremias 6:1). 

Mas para os peregrinos Cristãos, Ein Karem tem um significado especial por ser a cidade natal de Zacarias e Isabel, os pais de João Batista, e o local da visitação, onde Maria, a mãe de Jesus visitou a sua prima Isabel antes do nascimento de João. 

Visitaremos a fonte que deu o seu nome à antiga vila (Ein Karem significa fonte do vinhedo). Também é conhecida como a Fonte de Maria, pois de acordo com a tradição cristã Maria Abençoada parou lá para beber água enquanto visitava a sua prima Isabel.  

Uma curta caminhada a partir da fonte leva à Igreja Franciscana da Visitação, construída em 1955, sobre ruinas bizantinas e cruzadas que marca a visita de Maria a sua prima Isabel. No pátio, os peregrinos são recebidos por um dos hinos mais adorados da igreja, Magnificat de Maria (Lc 1:46-55), que ela rezou quando encontrou com Isabel, agora escrito em  47 idiomas na parede na frente da igreja.  

No final da tarde chegaremos ao hotel em Belém.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

16º DIA. 26/MARÇO/2022 (Sábado)

BELÉM / JERUSALÉM / MONTE DAS OLIVEIRAS / PANORÂMICA DE JERUSALÉM E DO VALE DO CEDRON / IGREJA DAS LÁGRIMAS DO SENHOR “DOMINUS FLEVIT” / GETSÊMANI / BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS / CENÁCULO / TUMBA DE DAVI / BASÍLICA DA DORMIÇÃO DE MARIA  / CASA DE CAIFÁS (IGREJA DE SÃO PEDRO DO GALICANTO)  / MURO DAS LAMENTAÇÕES.

MONTE DAS OLIVEIRAS - PANORÂMICA DE JERUSALÉM:

Café da manhã e saída para a visita panorâmica no alto do Monte das Oliveiras, onde apreciaremos a mais bela vista de toda Jerusalém. Neste local, como em um passeio de balão olhando para a cidade histórica, teremos uma verdadeira aula da geografia sobre a cidade, com apontamentos feitos pelo guia, dos lugares históricos e Bíblicos da cidade de Jerusalém.

Teremos uma maravilhosa vista, em especial da Mesquita dourada, o “Domo da Rocha”, no mesmo terreno do Monte Moriá, local do sacrifício de Isaque e onde o rei Salomão construiu o famoso templo de Jerusalém, destruído pelo Babilônico Nabucodonosor, em 586 a.C.. Terreno hoje ocupado pela Mesquita Dourada.

Também teremos uma vista privilegiada do Monte Sião, cuja parte mais baixa no vale do Cedron estão as escavações da antiga cidadela do Rei Davi.

Veremos também o local da casa de Caifás, onde Jesus esteve preso e foi sabatinado pelo sinédrio, o conselho religioso de Israel, logo após ser preso no Getsêmani.

Avistaremos lugares históricos e Bíblicos como o Cenáculo, o local da descida do Espírito Santo, o local da  Ceia de Jesus com seus discípulos, o Santo Sepulcro, a Via Dolorosa, o local onde ficava a Fortaleza Antônia e outros lugares Cidade Velha. Teremos uma vista maravilhosa da Cidade Velha para não se esquecer jamais!!

Com esta “aula” na panorâmica sobre Jerusalém, ficará fácil compreender a história e os acontecimentos, e depois, ao entrar na Cidade Velha, lembraremos dos lugares mostrados no alto do Monte das Oliveiras.

 

IGREJA DAS LÁGRIMAS DO SENHOR “DOMINUS FLEVIT”:

Iniciaremos a descida a pé, do Monte das Oliveiras em direção à igreja de Dominus Flevit, que marca o local onde Jesus chorou sobre Jerusalém (Lc 19:41).

Deste local, estaremos mais próximo das muralhas antigas da Cidade Velha, que praticamente está em frente à conhecida Porta Formosa do templo (Porta Dourada).

A Porta Formosa era assim chamada pelos seus ricos adornos, que dava do átrio dos gentios para o átrio das mulheres, em frente do pórtico de Salomão (At 3:11). Media 25 metros de altura por 21 metros de largura, sendo necessário o trabalho de vinte homens para abrir e fechá-la, feita de metal, toda coberta de ouro e prata (At 3:1-11).

 

GETSÊMANI:

Descendo mais um pouco o Monte das Oliveiras, chegaremos ao Getsêmani, local onde Jesus com frequência, costumava se retirar para orações com seus discípulos. Neste lugar Jesus orou angustiado dizendo: “Pai, se possível passa de mim este cálice”. Ali ele foi traído por Judas, preso e conduzido à casa de Caifás (Lc 22:39).

 

BASÍLICA DA AGONIA:

Para guardar este local foi construída a Basílica da Agonia de Jesus, local este em que Judas deu o beijo da traição e Jesus foi preso. Também conhecida como Igreja das Nações.

Esta igreja logo completará 100 anos. Inaugurada em 1924, foi projetada pelo arquiteto Barluzzi. O arquiteto queria representar o momento da agonia e prisão de Jesus naquele lugar de uma maneira brilhante, visto que o fato foi durante a madrugada. Quando você entra no interior da igreja, logo se nota  o teto em tom azulado com pequenas estrelas representando o céu na noite da agonia, parece sombria,  pouco iluminada e triste. Barluzzi queria justamente representar a noite da agonia e traiçao de Jesus. O altar esta voltado para uma enorme rocha  onde Jesus teria orado separado dos discípulos.

No vale do Cedron, abaixo do Getsêmani, encontra-se o pilar de Absalão, o filho do rei Davi (II Sm 18.18) e o túmulo mausoléu de Zacarias de uma família sacerdotal do   segundo templo. Um pouco abaixo no vale,  fica o Campo de Sangue, local do suicídio de Judas (Mt 27 e At 1:18).

 

CENÁCULO:

Em continuação visitaremos o cenáculo no Monte Sião, local riquíssimo em acontecimentos relacionados ao novo testamento. O local onde encontra-se  o cenáculo foi o cenário  da última Ceia Pascal de Jesus com seus discípulos,  e a instituição da Eucaristia ou Santa Ceia, (Mc 14:12-26). 

Também é o local da descida do Espírito Santo no dia do Pentecostes  (At 2), sendo o mesmo lugar onde Jesus lavou os pés dos seus  discípulos (Jo 13).

 

TUMBA DE DAVI:

Próximo do cenáculo visitaremos uma pequena Sinagogoa onde a tradição judaica acha ser o mausoléu do rei Davi, o segundo rei de Israel (At 2:29).

 

BASÍLICA DA DORMIÇÃO DE MARIA:

Ainda no Monte Sião visitaremos a Igreja da Dormição de Maria. De acordo com a tradição da região, foi neste local, próximo ao lugar da Última Ceia, que Maria morreu. Na ortodoxia Católica, e também na linguagem da Bíblia, a "morte" é geralmente chamada de "sono", e foi daí que surgiu o nome “Dormição”, sendo que a igreja foi chamada de Basílica da Assunção (ou Basílica da Dormição).

 

CASA DE CAIFÁS E IGREJA DE SÃO PEDRO DO GALICANTO:

Ainda no Monte Sião, visitaremos as dependências da casa de Caifás; “do Getsêmani, Jesus foi conduzido até a casa do Sumo Sacerdote Caifás (Jo 18:12)” logo após ser preso.

Em cima desta casa, para proteger o que restou foi construída uma belíssima Igreja, chamada de “Igreja de São Pedro do Galicanto”, (Saint Peter in Gallicantu) lugar onde Pedro negou Jesus três vezes (Jo 18:27). Não aberta aos domingos.

Neste lugar, Jesus esteve preso durante toda a madrugada sendo interrogado pelo Sinédrio (conselho religioso de Israel) e, logo pela manhã foi levado a Herodes  e depois a Pilatos (Lc 23 e Jo 18:12-38).

 

MURO OCIDENTAL (LAMENTAÇÕES).

Chegaremos até o famoso Muro Ocidental (Muro das Lamentações), o segundo local mais sagrado do judaísmo, atrás somente do antigo Santo dos Santos, do antigo templo.

Ao longo das gerações desde a destruição do templo, o Muro das Lamentações foi o vestígio mais próximo do local do santuário do templo. Durante séculos, judeus de todo o mundo têm ido lá para lamentar a perda do seu templo.

No muro, encontraremos pessoas de diferentes nacionalidades e religiões "abrindo seus corações” com orações, por acreditar-se que o muro possui um enorme significado Espiritual. É tradição para as pessoas que visitam o local escrever seus pedido e colocar nas rachaduras do muro, acreditando-se que a mensagem chegará até Deus.

Retorno ao hotel. Hospedagem e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

17º DIA. 27/MARÇO/2022 (Domingo)

BELÉM / JERUSALÉM / PORTA DAS OVELHAS / TANQUE DE BETESDA E IGREJA DE SANTA ANA / VIA DOLOROSA E SANTO SEPULCRO / TEMPO LIVRE.

PORTA DAS OVELHAS:

Café da manhã e saída para entrar na Cidade Velha de Jerusalém, pelo histórico e bíblico Portão das Ovelhas, lugar do triste apedrejamento de Santo Estêvão, o primeiro mártir da Igreja (At 6:8 e 7:54).

 

TANQUE DE BETESDA:

Chegaremos ao tanque de Betesda. Em João, capítulo 5, está escrito: “Próximo à Porta das Ovelhas, há um tanque, chamado em hebraico Betesda, o qual tem cinco alpendres”.  Estaremos no local exato do famoso e bíblico tanque de Betesda, local da famosa cura do paralítico por Jesus, que diz: “Levanta-te, toma tua cama e anda”. Suas ruínas ainda são bem visíveis, preservadas graças à construção de uma basílica bizantina no século IV, por Constantino, destruída pelos persas no século VI, e preservada até hoje graças a uma igreja construída pelos cruzados, chamada de Igreja de Santa Maria, também destruída, mas com parte de suas construções ainda visíveis.

 

IGREJA DE SANTA ANA:

Visitaremos a Igreja de Santa Ana, em cuja Cripta guarda a gruta residência de Joaquim e Ana, os pais de Maria, antes de se mudarem para Nazaré, local reconhecido desde a época dos cruzados. 

 

VIA DOLOROSA:

Em seguida, sairemos do Tanque de Betesda em direção ao Santo Sepulcro, percorrendo as estações da Via Dolorosa (não em procissão), iniciando na Igreja da Primeira Estação, local Jesus foi julgado e condenado por Pôncio Pilatos, local que há dois mil anos ficava dentro da Fortaleza Antônia, sede dos soldados romanos, onde Jesus foi chicoteado e recebeu sua cruz. Seguiremos até o local onde os romanos crucificavam em Jerusalém, hoje, o Santo Sepulcro.

 

SANTO SEPULCRO:

Visitaremos dentro do Santo Sepulcro, os locais da crucificação, morte, sepultamento e ressurreição de Jesus. Localizado no Bairro Cristão da Cidade Antiga de Jerusalém, onde segundo a tradição (Jo 19:41-42), Jesus teria sido crucificado, sepultado e, ao terceiro dia, ressuscitado. A Igreja do Santo Sepulcro foi construída pela mãe do imperador Constantino, a imperatriz Helena e inaugurada por volta do ano 340. A igreja é administrada e repartida entre as Igrejas Católica Romana, Católica Ortodoxa, Armênia, Ortodoxa Copta, Ortodoxa Siríaca e a Igreja Ortodoxa Etíope. É um dos locais mais sagrados da Terra Santa, e um dos pontos alto da visita a Israel.

 

TEMPO LIVRE PARA COMPRAS DE LEMBRANCINHAS: (Possibilidade devido ao tempo)

Tempo livre na “Vinte e Cinco de Março” de Jerusalém no portão de Jaffa, no Setor Árabe da Cidade Velha, para compra de lembrancinhas. Um lugar bem pitoresco com mais de mil lojinhas no estilo árabe! Mas, para quem não aprecia este estilo de lojas, a 50 metros fica o “Mamila Center”, a rua “Oscar Freire” de Jerusalém, com lojas de grife, restaurantes e bons cafés. Divirtam-se! Obs: 25 de Março, e Oscar freire, são nomes dados por nós a estes lugares, somente para ilustrar a diferença dos dois lugares de compras.

Retorno ao hotel em Belém.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

18º DIA. 28/MARÇO/2022 (Segunda)

BELÉM / AEROPORTO DE TEL AVIV / EMBARQUE COM DESTINO AO BRASIL COM CONEXÃO.

Café da manhã. Em horário a ser determinado transfer para Aeroporto de Tel Aviv.

Procedimentos de embarque e voo com destino ao Brasil. Voo com conexão.

Desembarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ.

 

Nota: As visitas poderão ser invertidas de dias e de sequência sem prejudicar o roteiro;

Fim dos nossos serviços.



INFORMAÇÕES GERAIS.

 

ITENS INCLUSOS NESTE PACOTE:

01 - Passagens aéreas em trechos internacionais em classe econômica;

02 - Todas as taxas de embarque;

03 - Vistos e taxas de fronteiras;

04 - Hotéis categoria Turística 4**** Estrelas Standard;

05 - Alimentação completa: Café da manhã, almoço e Jantar conforme descrito no roteiro;

06 - Seguro internacional médico e de bagagem (Com limite de idade: até 85 anos);

07 - Todos os passeios e ingressos para visitas conforme exposto no roteiro;

08 - Todos os transfers terrestres fora do Brasil aeroporto/hotel/aeroporto;

09 - Acomodações em quarto para duas pessoas (duplo). Para quarto individual, acréscimo no valor.

10 - Ônibus exclusivo para o grupo fora do Brasil durante os passeios.

11 - Guia acompanhante do grupo desde o Brasil;

12 - Todas as gorjetas para guias, motoristas e maleteiros;

13 - Guias locais em Israel, falando em Português.

14 - Permitido uma mala com até 23 kg por pessoa nos voos internacionais.

15 - Kit viagem Caprice: Mochila, caneta, porta voucher e etiquetas;

Obs.:  Cafés da manhã e jantares nos hotéis. Almoços em restaurantes locais.

 

ITENS NÃO INCLUSOS NESTE PACOTE:

01 - Lavanderia / telefonemas / extras de qualquer natureza;

02 - Bebidas;

03 - Passaportes (daremos orientações);

04 - Visitas e passeios opcionais;

05 - Multa por excesso no número e peso de bagagens;

06 - Refeições servidas no quarto do hotel;

07 - Consumo do frigobar.

 

PARA INSCRIÇÃO, É PRECISO:

01 - Preenchimento da ficha de inscrição. Consulte nossos agentes de viagem;

02 - Contrato assinado com as formas de pagamentos acordada;

03 - Preenchimento da ficha de saúde;

 

PARA VIAGEM, É PRECISO:

01 - Passaporte com validade não inferior a 6 meses da data de retorno dessa viagem;

02 - Para brasileiros com dupla cidadania, aconselhamos a utilização do passaporte brasileiro para embarque;

 

SOBRE O AÉREO DESTE PACOTE:

1- A aquisição dessa viagem é possível apenas com a compra do PACOTE COMPLETO (Parte Terrestre e Aérea);

2- Não será permitido desvincular do PACOTE a Parte Terrestre ou Parte Aérea;

3- Por ser tratar de um grupo, a Cia. Aérea tem como regra, exigir que todos os passageiros do grupo embarquem na mesma data no trecho da ida. Sendo assim, não é possível embarcar antes do grupo;

4- A Cia. Aérea libera a remarcação da data da volta (STOP no bilhete); Consulte a CAPRICE TURISMO.

5- A remarcação da volta esta sujeito à disponibilidade e cobrança de taxas por parte da Cia. Aérea.

6- Por se tratar de bloqueio aéreo de grupo a CAPRICE TURISMO não consegue marcar os assentos. Desta forma, os assentos podem ser marcados diretamente no balcão da Cia aérea no momento do Check-in ou via internet á 24 horas antes do embarque caso esteja disponibilizado.

 

MOEDA A SER UTILIZADA NESTA VIAGEM:

1 - A moeda que poderá ser utilizada nesta viagem será: Dólar
*OBS: As notas de dólares utilizadas na viagem deveram ser as atuais, ou seja as de “cara grande”, outras notas poderão não ser aceitas.

Para maiores informações acesse: https://www.youtube.com/watch?v=_K3T0TBdfi4 ou consulte a CAPRICE TURISMO.



VALOR DO PACOTE POR PESSOA:

U$ 4.490,00 dólares

Para acomodação em quarto duplo.

Para acomodação em quarto Single (individual), acréscimo de U$ 850,00.

 

FORMAS DE PAGAMENTO:                                                                                                                                                     

- Nas opções de pagamentos abaixo o valor das parcelas serão na moeda do pacote;

- O valor da parcela será convertido para Reais com base no câmbio da moeda do pacote, do dia do pagamento, que diariamente estará disposto no site da Caprice Turismo -  www.capricetour.com.br

- Os pagamentos poderão se efetuados através de depósito, Pix ou transferência bancária;

 

1ª Opção: Parcelamento do valor total do pacote.                                                                                                 

- Nesta opção, você poderá parcelar o valor do pacote sem juros até 30 dias antes do embarque;

- A quantidade de parcelas serão os meses que antecedem a viagem;

- Veja abaixo a tabela com os valores das parcelas de acordo com o mês de inicio dos pagamentos:

 

 PARA FECHAMENTO DO CONTRATO EM:

QUANTIDADE DE PARCELAS

VALOR

MOEDA

jun/21

9  Parcelas

498,89

Dólar

jul/21

8  Parcelas

561,25

Dólar

ago/21

7  Parcelas

641,43

Dólar

set/21

6  Parcelas

748,33

Dólar

out/21

5  Parcelas

898,00

Dólar

nov/21

4  Parcelas

1.122,50

Dólar

dez/21

3  Parcelas

1.496,67

Dólar

jan/22

2  Parcelas

2.245,00

Dólar

fev/22

1  Parcela

4.490,00

Dólar

 

2ª Opção: Parcelamento de 60% do valor do pacote e saldo de 40%.

- Nesta opção, você poderá parcelar 60% do valor do pacote sem juros até 60 dias antes do embarque;

- O saldo restante de 40% do valor do pacote, poderá ser pago a vista até 30 dias antes do embarque ou parcelado em até 12 vezes através de Cartão de Crédito, com acréscimo. Consulte-nos.

 

3ª Opção: Entrada de 40% do valor do pacote e saldo de 60%.

- Entrada de 40% do valor do pacote, que poderá ser dividido em até 2 vezes.

- Saldo de 60% do valor do pacote, que deverá ser quitado até 45 dias antes do embarque.

 

4ª Opção: Parcelamento via Cartão de Crédito.

- Pagamento via Cartão de Crédito com acréscimo. Consulte-nos.

- Possibilidade de estender os pagamentos em mais vezes após o embarque, com acréscimo.

 

5ª Opção: Parcelamento Personalizado.

- Informe as suas possibilidades de pagamentos, para que possamos adequar um plano personalizado.  Consulte-nos.

                                                                                                                    

Para maiores informações, consulte nossos agentes de viagens.

PERFIL DESTE GRUPO: CULTURAL - NÃO RELIGIOSO / CATEGORIA PREMIUM

 

Se desejar uma viagem tranquila neste aspecto, esta é a sua viagem.

 

Os integrantes deste grupo poderão professar diferentes religiões e fé, bem como ateus e aventureiros que apreciam conhecer lugares históricos e exóticos sem contexto religioso dogmático.

Embora seja para um destino que tem tudo a ver com assuntos bíblicos, este grupo não terá característica religiosa doutrinária.

 

Este estilo de viagem foi formulado por CARLOS CAPRICE, após verificar em nossos grupos religiosos ao longo de anos, que muitos nos confidenciavam que desejavam participar de uma viagem mais tranquila, na questão religiosa, embora fossem Católicos praticantes ou Evangélicos Protestantes.  Foi neste momento que Carlos Caprice percebeu que havia pessoas religiosas, fiéis à sua doutrina, mas não desejavam estar em um grupo religioso para Israel ou Egito ou qualquer outro lugar. Por outro lado, muitos convidados em visitar a Terra Santa, com um grupo religioso de paróquias ou igrejas evangélicas, não aderiam ao grupo, justamente por não desejarem uma viagem religiosa, em cujo dia a dia teriam missas, cultos, orações e rezas nos lugares visitados.

 

Por este motivo foi criado este tipo de viagem, direcionada para pessoas que desejam visitar Israel em uma viagem não dogmática e sem manifestações religiosas quaisquer. Carlos Caprice elaborou uma programação especifica, que além de contemplar os principais pontos bíblicos, acrescenta lugares históricos não religiosos, impossível de visitar com grupos religiosos, quer seja por falta de tempo ou interesse, como pode ser verificado no nosso roteiro específico. 

 

Não haverá missas, cultos, rezas, orações, canções religiosas ou qualquer outro tipo manifestações religiosas em grupo, como parte do roteiro e programação oficial, contudo nada impede que em cada lugar visitado após explicações, cada um possa ter no tempo livre, um momento particular e pessoal para orações, rezas ou contemplação.

 

Dentro do ônibus não será permitido manifestação religiosa em respeito a todos, e boa convivência.

Embora visitem lugares bíblicos históricos, sítios arqueológicos bíblicos e fatos relacionados à Bíblia, os guias falará apenas das histórias dos locais visitados e fará explicações não dogmáticas.

 

Contudo não deixaremos de abordar fatos bíblicos históricos, por exemplo: Estando em Belém abordaremos o nascimento de Jesus; em Nazaré, a Anunciação de Maria; em Jerusalém fatos relacionados com a vida de Jesus e sua crucificação; entre outros temas históricos dentro de um contexto histórico sem levar para o lado religioso, pois sabemos que cada vertente pode interpretar o mesmo assunto de forma diferente.  A análise religiosa ficará por conta dos visitantes.

 

Uma viagem com este perfil contemplará bem mais lugares de visitas do que as de grupos com perfis religiosos. 

Entre os motivos está principalmente o fator do tempo destinado a visitas religiosas e por tanto mais demoradas.

 

Nossa oferta de grupo cultural - não religioso continua sendo pioneiro no Brasil. Hoje representa 60% dos nossos grupos para Israel.

 

Para o mesmo destino temos outras viagens religiosas com missas, cultos e etc. Consulte-nos!

 

CATEGORIA PREMIUM:

Neste pacote de viagem a classificação dos hotéis serão 4**** Estrelas Standard.

As refeições serão boa qualidade.

Café da manhã e jantar nos hotéis, e almoço em restaurantes locais.

s