Israel

RESUMO DO ROTEIRO - LEITURA RÁPIDA.

ISRAEL:

TEL AVIV / CESAREIA MARÍTIMA / SÃO JOÃO DO ACRE / TIBERÍADES / PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA / MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS / TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES / CAFARNAUM / RIO JORDÃO/ CANÁ DA GALILEIA / NAZARÉ / JERICÓ / QUNRAN / MAR MORTO / DIA LIVRE NAS ÁGUAS MEDICINAIS NO BALNEÁRIO DO MAR MORTO EM UM HOTEL SPA / MASSADA / BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE / JERUSALÉM / MONTE DAS OLIVEIRAS / PANORÂMICA DE JERUSALÉM E DO VALE DO CEDRON / IGREJA DAS LAGRIMAS DO SENHOR “DOMINUS FLEVIT” / GETSÊMANI / BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS / CENÁCULO / TUMBA DE DAVI / CASA DE CAIFÁS (IGREJA DE SÃO PEDRO DO GALICANTO) / PORTA DAS OVELHAS / TANQUE DE BETESDA E IGREJA DE SANTA ANA / VIA DOLOROSA E SANTO SEPULCRO / TEMPO LIVRE / AEROPORTO EM TEL AVIV / EMBARQUE COM DESTINO AO BRASIL COM CONEXÃO.

 

ROTEIRO COMPLETO – LEITURA DETALHADA.

 

1º DIA.  01/ABRIL/2022 (Sexta)

DIA DO EMBARQUE / AEROPORTO DE GUARULHOS – SP / EMBARQUE COM DESTINO A ISRAEL COM CONEXÃO

Encontro do grupo com a equipe CAPRICE TURISMO no Aeroporto Internacional de Guarulhos - SP (Cumbica).

Procedimentos de embarque e voo com destino a Tel Aviv - Israel.

Voo com conexão.             

Assistência total da equipe CAPRICE TURISMO no Aeroporto.

Acompanhamento do Guia Brasileiro Caprice em todo o período da viagem.

 

2º DIA. 02/ABRIL/2022 (Sábado)

DESEMBARQUE NA EUROPA PARA CONEXÃO / SEGUE EMBARQUE PARA ISRAEL / DESEMBARQUE EM TEL AVIV.

Desembarque para conexão.

Segue embarque em voo com destino a Tel Aviv - Israel.

Desembarque em Tel Aviv e assistência da nossa equipe local no aeroporto.

Procedimento de imigração e em seguida transporte em ônibus exclusivo ao grupo para o hotel.

Hospedagem e descanso.

INCLUSO: JANTAR.

 

3º DIA. 03/ABRIL/2022 (Domingo)

TEL AVIV / CESAREIA MARÍTIMA / SÃO JOÃO DO ACRE / TIBERÍADES.

TEL AVIV:

Após café da manhã, breve City Tour por Tel Aviv, a cidade branca.

Desde 2003 Tel Aviv é reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade, a qual conta atualmente com mais de 4.000 edifícios construídos no estilo Bauhaus.

Uma metrópole que muitos acham ser a capital de Israel, quando na realidade a capital é Jerusalém a três mil anos desde o rei Davi.

Tel Aviv é relativamente nova, tem cem anos apenas, mas é uma movimentada e moderna cidade, com praias de fina areia dourada, atmosfera agitada que lembra o Rio de Janeiro, e possui um deslumbrante calçadão da praia e muitas opções de diversões, com sabor autêntico de Oriente Médio, para não mencionar a boa comida e o café de qualidade.

Fica a quarenta minutos de Jerusalém, mas tem um ritmo e uma vibração totalmente diferente, Jerusalém é uma cidade religiosa de incomparável beleza e tem sido há milênios uma cidade inspiradora para milhares de pessoas de todo o mundo.

Embora Tel Aviv e Jerusalém sejam duas cidades movimentadas, vibrantes e intrigantes, geograficamente próximas, elas são completamente diferentes, oferecem uma infinidade de atrações, paisagens, aromas e sabores distintos.

Em seguida, viagem até Cesareia Marítima, às margens do Mediterrâneo.

 

CESAREIA MARÍTIMA:

Prosseguimento pela estrada litorânea, a antiga Via Maris, para chegar à Cesareia Marítima. Passaremos ao longo desse dia, visitando os seguintes locais: as belíssimas escavações de Cesareia Marítima, cidade construída por Herodes, que a dedicou ao imperador romano César Augusto. Também foi residência oficial de Pilatos. Nesta cidade, o apóstolo Paulo ficou preso por dois anos antes de ser enviado para Roma (At 27). A cidade ainda está em constantes escavações. Cesareia era belíssima! Hoje, podemos ver as ruínas do que foi no passado o Palácio de Pilatos, que se destacava à beira do Mediterrâneo. No enorme hipódromo, em estilo Romano, ainda há arquibancadas e murais com afrescos originais. Ainda em Cesareia, veremos o belo teatro ao ar livre construído por Herodes, onde, ainda hoje, são realizados shows, peças teatrais e musicais.

Segue viagem com destino a cidade de Acre (AKKO), as margens do mediterrâneo.

 

SÃO JOÃO DO ACRE (AKKO):

A história da cidade é longa e riquíssima, já começando pelo seu nome, alterado muitas vezes no passar do tempo. Durante a Idade Média, quando ela teve um papel central na história da humanidade foi chamada de São João do Acre. Atualmente ela é conhecida como Acre, pelos ocidentais, Akko em hebraico e Akka em árabe.

A história mostra que a cidade tem sido habitada desde os tempos dos fenícios (3000 a.C.) e continuou passando por diversas culturas como grega, romana, dos cruzados e árabes. Além disso, a cidade é sagrada para a Fé Bahá’í.

A Cidade Antiga de São João de Acre foi utilizada pelos cruzados entre 1104 e 1291, como um quartel general na Terra Santa, para dali partirem para o combate em Jerusalém e outros locais.  As ordens religiosas: Templários e Hospitalários foram criados naquele período, sendo que São João de Acre foi habitada pelas duas ordens.

Os Hospitalários começaram como uma ordem devotada à caridade, dedicando-se a cuidar dos doentes e peregrinos a caminho da Terra Santa. Porém, logo abraçaram a causa das cruzadas e se tornaram uma das maiores ordens. Existem até hoje como Ordem de Malta e é uma organização humanitária.

Acre não foi apenas o quartel geral militar, mas também um grande centro financeiro. Os cavaleiros não estavam ali apenas pela guerra santa. Os Hospitalários recebiam imensas doações dos nobres europeus e por essa razão puderam construir algo tão fenomenal.

Recentes escavações arqueológicas revelaram um complexo de salões construídos e usados pelos Cavaleiros Hospitalários. O complexo inclui seis salas, masmorra, sala de jantar e a cripta de uma antiga igreja gótica. O museu exibe filmes projetados nas paredes que contam a história das Cruzadas e oferecem vastas informações históricas sobre as diversas épocas. Além disso, existe um sistema de áudio onde você ouve sons característicos da época.

A Cidadela fortaleza que vemos hoje é uma fortificação otomana, a qual foi construída sobre as fundações da antiga Cidadela dos Cavaleiros Hospitalários. Um show de visita...

No final da tarde chegada em Tiberíades.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

4º DIA. 04/ABRIL/2022 (Segunda)

TIBERÍADES - PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA / MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS / TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES / CAFARNAUM / RIO JORDÃO/ CANÁ DA GALILEIA.

PASSEIO DE BARCO NO MAR DA GALILEIA:

Café da manhã e saída  para iniciar um bonito passeio de barco no Lago da Galileia, também conhecido como Lago de Genezaré, onde Jesus caminhou sobre suas águas (Mt 14.22).

Relembraremos o milagre da Pesca Maravilhosa (Lc 5).  Os nomes Mar da Galileia, Lago da Galileia, Lago de Genezaré, Lago de Tiberíades, e Mar de Quinerete, são nomes diferentes mencionados na bíblia para o mesmo lago de água doce, que fica na linda e verdejante região da Galileia

 

MONTE DAS BEM AVENTURANÇAS:

Visitaremos o Monte das Bem Aventuranças, local onde Jesus ensinou aos seus discípulos o Sermão da Montanha.

Podemos dizer que, o lugar foi uma pequena “faculdade de Jesus” para com seus discípulos.

Foi neste lugar alto, em um belo cenário, que se descortina para a incrível beleza do Lago da Galileia, como um campus de uma universidade. Jesus ensinou verbalizando pela primeira vez aos seus discípulos e ao mundo, em uma verdadeira aula, todo o belo e insuperável capítulo 5 de Mateus, aula conhecida como, “As Bem Aventuranças”. Venha conhecer este lugar conosco.

 

TABGHA - MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES:

Visitaremos também em Tabgha, o local da Primeira Multiplicação dos Pães e Peixes (Mc 6.30). Acredita-se que neste lugar o evento tenha acontecido, pois já era visitado desde os primeiros anos após a crucificação de Jesus. No lugar foi erguida por volta de 350 d.C.  uma pequena capela, descrita pela primeira vez em 380 d.C. pela peregrina Egéria em seu livro “Intinerarium”, hoje em ruinas a 50 metros da igreja atual.

Os bizantinos no século V construíram a Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes, que depois foi destruída pelos persas no século VII, e resgatada a partir de escavações arqueológicas no século XIX. Da antiga igreja, foram recuperados belíssimos mosaicos, onde estão desenhados os pães e peixes do milagre descrito na Bíblia. A imagem se transformou em uma das mais reproduzidas entre os souvenires de Israel.

O prédio atual construído em 1982 reproduz a antiga igreja.

 

CAFARNAUM:

Chegaremos à bíblica aldeia de Cafarnaum, às margens do Lago da Galileia, centro do ministério de Jesus nesta região, onde visitaremos o que sobrou da casa do apóstolo Pedro (Lc 4-38), protegida pela construção de uma igreja suspensa em cima destas ruínas.  Ainda em Cafarnaum, veremos ruína original da sinagoga em que Jesus pregava quando estava nesta cidade (Mc 1-21). Veremos também o total cumprimento da profecia de Jesus sobre esta cidade (Mt 11-23). Também conheceremos uma mó de azenha que Jesus se referiu no livro de (Mt 18). Sentados em bancos, à sombra de figueiras enormes, ouviremos relatos dos milagres de Jesus e outros acontecimentos realizados nesta aldeia, que foi sua residência, após ser expulso de Nazaré.

 

RIO JORDÃO

Prosseguiremos até o Rio Jordão, com tempo para entrar na água para os que desejarem. O Jordão nasce nas colinas do Golã em Banias, tem 160 km de extensão e termina no ponto mais baixo da terra, no Mar Morto. Nunca foi um rio com forte atividade pesqueira, e nem é atualmente, mas é um dos rios mais famoso da terra.

 

CANÁ DA GALILEIA:

No final da tarde sairemos para Caná da Galileia, para relembrar o Primeiro Milagre de Jesus, transformando água em vinho, onde visitaremos uma Igreja Franciscana que guarda em seu subsolo, restos de uma sinagoga de dois mil anos, e, segundo escavações arqueológicas realizadas, comprovou ser da mesma época do milagre, como Caná de dois mil anos, que era um pequeno vilarejo e não poderia haver mais que uma sinagoga.

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.         

 

5º DIA. 05/ABRIL/2022 (Terça)

TIBERÍADES / NAZARÉ / JERICÓ (ENTRAR NO TELL) / QUNRAN / MAR MORTO.

NAZARÉ:

Café da manhã e saída em direção à pitoresca cidade de Nazaré, onde visitaremos a Igreja da Anunciação de Maria, construída para proteger as ruínas da casa de Maria e de José, local onde o anjo Gabriel encontrou com Maria e anunciou à ela o nascimento do Messias  (Lc 1-6): “E o Santo que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus” (Lc 1-35).

Em Nazaré, bem perto da casa de Maria, visitaremos a cripta da Igreja de São José, onde pela tradição fica a carpintaria de José em uma caverna. Nichos existentes na parede da gruta para colocação de ferramentas demonstram ter sido no passado uma oficina.

O local, bem escondidinho, próximo da grandiosa basílica, teria sido identificado por arqueólogos do vaticano como local de uma carpintaria, e, que por Nazaré ser uma cidade muito pequena, logo os arqueólogos fizeram associação com o carpinteiro José.                                                                 

Ao entrar no subsolo da pequena igreja de São José, construída em 1914, os visitantes poderão ver, sob um vidro no chão, o lugar onde Jesus teria trabalhado com seu pai carpinteiro.

 

JERICÓ:

Passaremos em Jericó, que hoje é um vilarejo Palestino em pleno deserto da Judeia. Nosso objetivo é chegar próximo do sítio arqueológico da cidade da conquista de Josué, no final da peregrinação dos 40 anos pelo deserto, sendo a primeira cidade da conquista da Terra Santa. Veremos as ruínas da Jericó antiga. Visitaremos também o local de tradição onde ficava a árvore que Zaqueu, o cobrador de impostos subiu para ver Jesus passar, segundo nos conta os monges eremitas que habitam no Monte da Tentação a séculos. Teremos uma bela vista do Monte da Tentação de Jesus.

Ao longe avistaremos o Monte Nebo, local descrito em Deuteronômio cap. 34, onde Moisés avistou a Terra Prometida,  sendo  também  local de sua morte.

 

QUMRAN - LOCAL DAS DESCOBERTAS DOS MANUSCRITOS DO MAR MORTO

Em seguida partiremos margeando o Mar Morto com destino às cavernas de Qumran, onde em 1947 foram descobertos os rolos do Mar Morto contando grande parte dos livros do Velho Testamento, sendo as cópias mais antigas que se têm notícias.

No final da tarde chegada ao hotel Spa, as margens do Mar Morto.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

6º DIA. 06/ABRIL/2022 (Quarta)

DIA LIVRE NAS ÁGUAS MEDICINAIS NO BALNEÁRIO DO MAR MORTO EM UM HOTEL SPA.

Café da manhã e dia todo livre no hotel Spa no Mar Morto.     

Dia livre nas águas medicinais do Mar Morto. 

Esta estadia no Mar Morto é fantástica, onde você poderá comprovar que realmente  você não afunda nas águas, mas simplesmente flutua devido à alta densidade de suas águas com 40% de sal, enquanto que nos mares e oceanos tem apenas de 4 a 6%. Lugar maravilhoso.  Aproveite! 

O Mar Morto é conhecido na Bíblia e ao longo da história, como Mar de Sal,  Mar de Arabá e Mar de Betume.

Está situado a 400 m abaixo do nível do Mar Mediterrâneo, sendo o ponto mais baixo que temos na Terra, tendo 76 Km de comprimento e 17 km de largura. O ponto mais profundo tem 914 m.

Na outra margem, do lado da Jordânia, se encontram as campinas de Moabe, que é a região de ZOAR e da bíblica SODOMA E GOMORRA (Gn. 19:24). 

Aproveite para entrar nas águas no Mar Morto, ou utilizar as piscinas cobertas do hotel Spa, com águas aquecidas, também do Mar Morto. Flutuar em águas quentes do Spa do hotel, é algo incrível e relaxante!

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

7º DIA. 07/ABRIL/2022 (Quinta)

MAR MORTO/ MASSADA / BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE / JERUSALÉM.

FORTALEZA DE MASSADA:

Café da manhã e saída em direção à montanha de Massada para conhecer a famosa fortaleza construída por Herodes, uma impressionante elevação rochosa bem próxima do Mar Morto.

Por ser uma montanha praticamente inacessível no escaldante deserto da Judeia, serviu de último refúgio para os judeus zelotes, que fugiram da ocupação e destruição de Jerusalém pelas legiões romanas em 70 d.C. pelo general Tito.

Logo após Jerusalém cair nas mãos dos romanos, Massada seria o próximo alvo. Foi então que a Décima Legião Romana comandada pelo general romano Flavius Silva, que efetuou um formidável cerco à montanha que durou três anos, terminando em 73 d.C. com o suicídio coletivo de todos os ocupantes, cerca de 960 homens, mulheres e crianças, que preferiram a morte, para não serem escravizados pelos conquistadores romanos.

Ainda hoje podemos ver os restos dos acampamentos do exército romano, construídos em pedras ao redor da montanha. Também é possível ver a enorme rampa de pedra e areia, construída para se chegar ao topo da montanha para desalojar os revoltosos.

O filme “Massada Nunca Mais” conta esta triste história, filmada inteiramente neste lugar.

Subiremos a montanha de bondinho.

 

BELÉM – IGREJA DA NATIVIDADE:

Seguiremos para Belém, para visitar Igreja da Natividade, que guarda em seu interior a Gruta do Nascimento de Jesus. Trata-se da igreja mais antiga da terra em atividade recentemente restaurada.

Foi a partir do ano 340 d.C., que a Gruta da Manjedoura passou a ser protegida pela construção da Igreja da Natividade realizada a pedido da Imperatriz Helena.

“Naqueles dias, foi publicado um decreto de César Augusto, convocando toda a população do império para recensear-se”.

Todos tinham que alistar-se, cada um à sua própria cidade. Assim José saiu da Galileia, da cidade de Nazaré para a Judéia, a cidade de Davi, chamada Belém. Por ser ele da casa e da família de Davi, a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. “Estando eles ali, aconteceu que ao completar os dias, ela deu a luz a seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar na hospedaria” (Lc 2). 

Belém também é a cidade natal do rei Davi (I Sm 17, 12-15).

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

8º DIA. 08/ABRIL/2022 (Sexta)

JERUSALÉM / MONTE DAS OLIVEIRAS / PANORÂMICA DE JERUSALÉM E DO VALE DO CEDRON / IGREJA DAS LAGRIMAS DO SENHOR “DOMINUS FLEVIT” / GETSÊMANI / BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS / CENÁCULO / TUMBA DE DAVI / CASA DE CAIFÁS (IGREJA DE SÃO PEDRO DO GALICANTO).

MONTE DAS OLIVEIRAS – VISTA PANORÂMICA DE JERUSALÉM:

Café da manhã e saída para a panorâmica no alto do Monte das Oliveiras, onde apreciaremos a mais bela vista de toda Jerusalém. Neste local, como em um passeio de balão olhando para a cidade histórica, teremos uma verdadeira aula da geografia sobre a cidade, com apontamentos feitos pelo guia, dos lugares históricos e Bíblicos da cidade de Jerusalém.

Teremos uma maravilhosa vista, em especial da Mesquita Dourada, o “Domo da Rocha”, no mesmo terreno do Monte Moriá, onde no passado Abraão iria sacrificar Isaque (Gênesis, 22), e onde o rei Salomão construiu o famoso templo de Jerusalém, inaugurado por volta do ano 2000 a.C., e destruído pelo Babilônico Nabucodonosor, em 586 a.C. Terreno hoje ocupado pela Mesquita dourada.

Também teremos uma vista privilegiada do Monte Sião, cuja parte mais baixa no vale do Cedron estão as escavações da antiga cidadela do Rei Davi.

Veremos também o local da casa de Caifás, onde Jesus esteve preso e foi sabatinado pelo sinédrio, o conselho religioso de Israel, logo após ser preso no Getsêmani.

Avistaremos lugares históricos e Bíblicos como o Cenáculo, o local da descida do Espírito Santo, o local da Ceia de Jesus com seus discípulos, o Santo Sepulcro, a Via Dolorosa, o local onde ficava a Fortaleza Antônia e outros lugares Cidade Velha. Teremos uma vista maravilhosa da Cidade Velha para não se esquecer jamais!

Com esta “aula” na panorâmica sobre Jerusalém, ficará fácil compreender a história, a geografia e os acontecimentos, e depois, ao entrar na Cidade Velha, nos lembraremos dos lugares mostrados no alto do Monte das Oliveiras.

 

IGREJA DAS LAGRIMAS DO SENHOR “DOMINUS FLEVIT” QUE MARCA O LUGAR ONDE JESUS CHOROU SOBRE JERUSALÉM:

Iniciaremos a descida a pé, do Monte das Oliveiras em direção à igreja de Dominus Flevit, que marca o local onde Jesus chorou sobre Jerusalém (Lc 19-41).

Deste local, estaremos mais próximo das muralhas antigas da Cidade Velha, que praticamente está em frente à conhecida Porta Formosa do templo (Porta Dourada).

A Porta Formosa era assim chamada pelos seus ricos adornos, que dava do átrio dos gentios para o átrio das mulheres, em frente do pórtico de Salomão (At 3:11). Media 25 metros de altura por 21 metros de largura, sendo necessário o trabalho de vinte homens para abrir e fechá-la, feita de metal, toda coberta de ouro e prata (At 3:1-11).

 

GETSÊMANI:

Descendo mais um pouco o Monte das Oliveiras, chegaremos ao Getsêmani, local onde Jesus com frequência, costumava se retirar para orações com seus discípulos. Neste lugar Jesus orou angustiado dizendo: “Pai, se possível passa de mim este cálice”. Ali ele foi traído por Judas, preso e conduzido à casa de Caifás (Lc 22:39).

 

BASÍLICA DA AGONIA DE JESUS:

Para guardar este local foi construída a Basílica da Agonia de Jesus, local este em que Judas deu o beijo da traição e Jesus foi preso. Também conhecida como Igreja das Nações.

Esta igreja logo completará 100 anos. Inaugurada em 1924, foi projetada pelo arquiteto Barluzzi. O arquiteto queria representar o momento da agonia e prisão de jesus naquele lugar de uma maneira brilhante, visto que o fato foi durante a madrugada. Quando você entra no interior da igreja, logo se nota  o teto em tom azulado com pequenas estrelas representando o céu na noite da agonia, parece sombria,  pouco iluminada e triste. Barluzzi queria justamente representar a noite da agonia e traiçao de Jesus. O altar esta voltado para uma enorme rocha  onde Jesus teria orado separado dos discipulos.

No vale do Cedron, abaixo do Getsêmani, encontra-se o pilar de Absalão, o filho do rei Davi (II Sam. 18.18) e o túmulo mausoléu de Zacarias de uma família sacerdotal do   segundo templo. Um pouco abaixo no vale,  fica o Campo de Sangue, local do suicídio de Judas (Mt 27 e At 1.18).

 

CENÁCULO:

Em continuação visitaremos o cenáculo no Monte Sião, local riquíssimo em acontecimentos relacionados ao novo testamento. O local onde encontra-se  o cenaculo foi o cenario  da última Ceia Pascal de Jesus com seus discipulos,  e a instituição da Eucaristia ou Santa Ceia, (Mc 14:12-26). 

Também é o local da descida do Espírito Santo no dia do Pentecostes  (At 2), sendo o mesmo lugar onde Jesus lavou os pés dos seus  Discipulos (Jo 13).

 

TUMBA DE DAVI:

Próximo do cenáculo visitaremos uma pequena Sinagogoa onde a tradição judaica acha ser o mausoléu do rei Davi, o segundo rei de Israel (At. 2:29).

 

CASA DE CAIFÁS (onde fica a Igreja de São Pedro do Galicanto):

Ainda no Monte Sião, visitaremos as dependências da casa de Caifás; “do Getsêmani, Jesus foi conduzido até a casa do Sumo Sacerdote Caifás (Jo 18:12)” logo após ser preso.

Em cima desta casa, para proteger o que restou foi construída uma belíssima Igreja, chamada de “Igreja de São Pedro do Galicanto”, (Saint Peter in Gallicantu) lugar onde Pedro negou Jesus três vezes (Jo 18.27). Não aberta aos domingos.

Neste lugar, Jesus esteve preso durante toda a madrugada sendo interrogado pelo Sinédrio(conselho religioso de Israel) e, logo pela manhã foi levado a Herodes  e depois a Pilatos (Lc 23 e Jo 18.12-38).

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

9º DIA. 09/ABRIL/2022 (Sábado)

JERUSALÉM / MAQUETE DE JERUSALÉM / SANTUÁRIO DO LIVRO / MUSEU DE ISRAEL / MUSEU DO HOLOCAUSTO - MEMORIAL DAS CRIANÇAS / DAVID CENTER - ESCADARIAS DO SEGUNDO TEMPLO DA ÉPOCA DE JESUS E LOCAL ONDE FICAVA OS VENDILHÕES DO TEMPLO / MURO OCIDENTAL – LAMENTAÇÕES.

MAQUETE DE JERUSALÉM:

Como seria Jerusalém durante o período do Segundo Templo? Você tem esta curiosidade?

A resposta para esta pergunta está, desde 2006, no Museu de Israel, onde se encontra uma maquete de aproximadamente 1000m², construída em 1967, a maquete fazia parte do sonho de Hans Kroch, proprietário do hotel Holyland que conseguiu realizá-lo, através da dedicação e do empenho do arqueólogo Michael Avi-Yonah, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Em 1974, a maquete passou por um processo de renovação, adaptando-se às novas descobertas arqueológicas, o que vem sendo feito periodicamente. Construída com pedras originais de Jerusalém, mármore e aço.

Com base nos relatos históricos, inclusive do historiador Flávio Josefo, e escavações arqueológicas foi possível reconstruir a Jerusalém dos tempos do segundo templo e de Jesus, até por volta do ano 1600 d.C. Foi uma reconstituição das características topográficas e arquitetônicas da cidade, antes da sua destruição pelos romanos, no ano 70 d.C.   Uma visita extraordinária para você!!!

 

MUSEU DO LIVRO (rolos do Mar Morto):

Em seguida entraremos no “Santuário do Livro” ou Museu do Livro - onde esta a maioria dos 800 fragmentos dos pergaminhos do Mar Morto encontrados nas cavernas de Qumran.

Os documentos, alguns completos, outros não, foram encontrados por dois pastores, dentro de jarros, que contém informações sobre os Essênios que viveram em Israel durante o período do Segundo Templo. São cópias fiéis de livros da Tora (Velho Testamento).

O “Santuário do Livro” foi especialmente construído para abrigar partes destes tesouros.

A arquitetura do prédio foi inspirada nos jarros onde os documentos foram encontrados.

A iluminação interna e a utilização das cores branca e preta nos locais onde estão expostos os fragmentos foram idealizadas a partir do conceito mencionado nos textos dos pergaminhos sobre a Guerra entre os Filhos da Luz e os Filhos das Trevas.

 

MUSEU DE ISRAEL - UMA ATRAÇÃO SENSACIONAL DE JERUSALÉM:

O Museu de Israel é dividido em três grandes temas: Arqueologia, Arte e Vida Judaica e Belas Artes.

A parte de arqueologia do museu é a que mais chama atenção; é muito bem montada e dividida. Mostra todos os povos antigos que viveram e ocuparam o que é hoje Israel. As galerias são montadas de forma cronológica e contam as histórias das culturas dos povos que viveram lá, mostrando como foi o domínio sobre Israel e seus conquistadores, libertações, parte religiosa judaica, políticas e econômicas que os dominadores exerciam sobre os dominados (hebreus).

No Museu encontra-se, por exemplo, um osso do pé de um crucificado ainda com o prego encrustado, sarcófago de Herodes, uma pedra descoberta nas ruinas de Dan (norte de Israel) com o nome do rei Davi escrito em Aramaico, mostrando que a existência de Davi não é um mito. No museu de Israel existem outras centenas de preciosidades históricas do povo Hebreu. Um espetáculo de visita!

 

MUSEU DO HOLOCAUSTO - YAD VASHEM:

É o memorial oficial de Israel para lembrar as vítimas judaicas do Holocausto.

Há quem negue o holocausto, promovido pelos nazistas na Segunda Guerra Mundial, levando mais de 6 milhões de pessoas à morte, em sua maioria judeus.

Justamente para manter viva a história do genocídio e para que isso não se repita, foi criado o Yad Vashem, em Jerusalém, mais conhecido como Museu do Holocausto.

Localizado no sopé do Monte Herzl, no Monte da Recordação (Har HaZikaron), em Jerusalém, Yad Vashem é um complexo de cerca de 18 hectares que contém o moderno Museu da História do Holocausto, com vários memoriais, como o Memorial das Crianças e a Sala da Memória, o Museu de Arte do Holocausto.

O visitante anda por corredores em zig-zag observando e assistindo dezenas de filmes curtos recuperados dos nazistas, ou feitos pelas tropas americanas nos campos de concentração. São filmes inéditos, que de tão chocantes não são exibidos em televisão ou mesmo em documentários. Fotos e objetos recuperados dos campos de concentração na Europa estão em exposição.

No final da visita abre uma grande sala com fotos de 600 judeus que passaram pelos horrores do Holocausto.  A chamada “Sala dos Nomes” traz simbolicamente, à memória a vida e os nomes dos seis milhões de judeus mortos no Holocausto, e a forma que o museu mostra isso é emocionante.

 

MEMORIAL DAS CRIANÇAS:

Há vários prédios dentro do complexo do museu.  Com certeza o mais tocante é justamente o Memorial das Crianças. Tudo é comovente, a começar pela história que deu origem ao lugar.

Uziel foi uma das muitas crianças vítimas do Holocausto. Com seus pais, Edita e Abe, e sua avó, ele foi enviado à Polônia. Depois de passar pela avaliação médica nazista que definia quem iria para o Campo de Concentração e quem iria para a câmara de gás, Uziel foi enviado para a morte junto de sua avó.

Edita e Abe sobreviveram ao campo de Concentração e se refugiaram nos Estados Unidos. Em homenagem ao filho, o casal desejava construir um pequeno memorial. Foi assim, que o Yad Vashem decidiu construir, com as doações de Abe e Edita, o Memorial das Crianças, que tem o rostinho de Uziel no pórtico de entrada.

 

DAVID CENTER - ESCADARIAS DO SEGUNDO TEMPLO DA ÉPOCA DE JESUS:

Café da manhã e saída para visitar o David Center, com cinema em 3D sobre o templo do rei Salomão. Conheceremos as escadarias originais do antigo templo de Jerusalém e também as ruínas do local onde Jesus expulsou os vendilhões do templo. Neste momento estaremos embaixo do pináculo do templo.

 

MURO OCIDENTAL (LAMENTAÇÕES):

Chegaremos até o Muro Ocidental ou Muro das Lamentações, o segundo local mais sagrado do judaísmo, atrás somente do antigo Santo dos Santos, do Antigo Templo. Ao longo das gerações desde a destruição do templo, o Muro das Lamentações foi o vestígio mais próximo do local do Santuário do Templo. Durante séculos, judeus de todo o mundo têm ido lá para lamentar a perda do seu templo.

No muro encontraremos pessoas de diferentes nacionalidades e religiões "abrindo seus corações” com orações, por acreditar que o muro possui um enorme significado espiritual. É tradição para as pessoas que visitam o local escrever seus pedidos e colocar nas rachaduras do muro, acreditando-se que a mensagem chegará até Deus.

Hospedagem no hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHA ALMOÇO E JANTAR

 

10º DIA. 10/ABRIL/2022 (Domingo)

JERUSALÉM / PORTA DAS OVELHAS / TANQUE DE BETESDA E IGREJA DE SANTA ANA / VIA DOLOROSA E SANTO SEPULCRO / TEMPO LIVRE.

PORTA DAS OVELHAS:

Café da manhã e saída para entrar na Cidade Velha pelo histórico e bíblico Portão das Ovelhas, lugar do triste apedrejamento de Santo Estêvão, o primeiro mártir da Igreja (At 6-8 e 7-54).

 

TANQUE DE BETESDA:

Chegaremos ao tanque de Betesda. Em João, capítulo 5, está escrito: “Próximo à Porta das Ovelhas, há um tanque, chamado em hebraico Betesda, o qual tem cinco alpendres”.  Estaremos no local exato do famoso e bíblico tanque de Betesda, local da famosa cura do paralítico por Jesus, que diz: “Levanta-te, toma tua cama e anda”. Suas ruínas ainda são bem visíveis, preservadas graças à construção de uma basílica bizantina no século IV, por Constantino, destruída pelos persas no século VI, e preservada até hoje graças a uma igreja construída pelos cruzados, chamada de Igreja de Santa Maria, também destruída, mas com parte de suas construções ainda visíveis.

 

IGREJA DE SANTA ANA:

Visitaremos a Igreja de Santa Ana, em cuja Cripta guarda a gruta residência de Joaquim e Ana, os pais de Maria, antes de se mudarem para Nazaré, local reconhecido desde a época dos cruzados. 

 

VIA DOLOROSA:

Em seguida, sairemos do Tanque de Betesda em direção ao Santo Sepulcro, percorrendo as estações da Via Dolorosa (não em procissão), iniciando na Igreja da Primeira Estação, local Jesus foi julgado e condenado por Pôncio Pilatos, local que há dois mil anos ficava dentro da Fortaleza Antônia, sede dos soldados romanos, onde Jesus foi chicoteado e recebeu sua cruz. Seguiremos até o local onde os romanos crucificavam em Jerusalém, hoje, o Santo Sepulcro.

 

SANTO SEPULCRO:

Visitaremos dentro do Santo Sepulcro, os locais da crucificação, morte, sepultamento e ressurreição de Jesus. Localizado no Bairro Cristão da Cidade Antiga de Jerusalém, onde segundo a tradição (Jo 19, 41-42), Jesus teria sido crucificado, sepultado e, ao terceiro dia, ressuscitado. A Igreja do Santo Sepulcro foi construída pela mãe do imperador Constantino, a imperatriz Helena e inaugurada por volta do ano 340. A igreja é administrada e repartida entre as Igrejas Católica Romana, Católica Ortodoxa, Armênia, Ortodoxa Copta, Ortodoxa Siríaca e a Igreja Ortodoxa Etíope. É um dos locais mais sagrados da Terra Santa, e um dos pontos alto da visita a Israel..

 

TEMPO LIVRE PARA COMPRAS DE LEMBRANCINHAS:

Tempo livre na “Vinte e Cinco de Março” de Jerusalém no portão de Jaffa, no Setor Árabe da Cidade Velha, para compra de lembrancinhas. Um lugar bem pitoresco com mais de mil lojinhas no estilo árabe! Mas, para quem não aprecia este estilo de lojas, a 50 metros fica o “Mamila Center”, a rua “Oscar Freire” de Jerusalém, com lojas de grife, restaurantes e bons cafés. Divirtam-se! Obs: 25 de Março, e Oscar freire, são nomes dados por nós a estes lugares, somente para ilustrar a diferença dos dois lugares de compras.

Hotel e descanso.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR.

 

11º DIA. 11/ABRIL/2022 (Segunda)

JERUSALÉM / AEROPORTO EM TEL AVIV / EMBARQUE COM DESTINO AO BRASIL COM CONEXÃO.

Café da manhã.

Em horário a ser determinado transfer para Aeroporto de Tel Aviv.

Procedimentos de embarque e voo com destino ao Brasil. Voo com conexão.

INCLUSO: CAFÉ DA MANHÃ.

 

12º DIA. 12/ABRIL/2022 (Terça)                                                                       

DESEMBARQUE NO BRASIL.

Desembarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP (Cumbica).

OBS.: As visitas poderão ser invertidas de dias e de sequência sem prejudicar o roteiro.

Fim dos nossos serviços.



INFORMAÇÕES GERAIS.

 

ITENS INCLUSOS NESTE PACOTE:

01 - Passagens aéreas em trechos internacionais em classe econômica;

02 - Todas as taxas de embarque;

03 - Vistos e taxas de fronteiras;

04 - Hotéis categoria Turística 4**** Estrelas Standard;

05 - Alimentação completa: Café da manhã, almoço e Jantar conforme descrito no roteiro;

06 - Seguro internacional médico e de bagagem (Com limite de idade: até 85 anos);

07 - Todos os passeios e ingressos para visitas conforme exposto no roteiro;

08 - Todos os transfers terrestres fora do Brasil aeroporto/hotel/aeroporto;

09 - Acomodações em quarto para duas pessoas (duplo). Para quarto individual, acréscimo no valor.

10 - Ônibus exclusivo para o grupo fora do Brasil durante os passeios.

11 - Guia acompanhante do grupo desde o Brasil;

12 - Todas as gorjetas para guias, motoristas e maleteiros;

13 - Guias locais em Israel, falando em Português.

14 - Permitido uma mala com até 23 kg por pessoa nos voos internacionais.

15 - Kit viagem Caprice: Mochila, caneta, porta voucher e etiquetas;

 

Obs.:  Cafés da manhã e jantares nos hotéis. Almoços em restaurantes locais.

 

ITENS NÃO INCLUSOS NESTE PACOTE:

01 - Lavanderia / telefonemas / extras de qualquer natureza;

02 - Bebidas;

03 - Passaportes (daremos orientações);

04 - Visitas e passeios opcionais;

05 - Multa por excesso no número e peso de bagagens;

06 - Refeições servidas no quarto do hotel;

07 - Consumo do frigobar.

 

PARA INSCRIÇÃO, É PRECISO:

01 - Preenchimento da ficha de inscrição. Consulte nossos agentes de viagem;

02 - Contrato assinado com as formas de pagamentos acordada;

03 - Preenchimento da ficha de saúde;

 

PARA VIAGEM, É PRECISO:

01 - Passaporte com validade não inferior a 6 meses da data de retorno dessa viagem;

02 - Para brasileiros com dupla cidadania, aconselhamos a utilização do passaporte brasileiro para embarque;

 

SOBRE O AÉREO DESTE PACOTE:


1 - A aquisição dessa viagem é possível apenas com a compra do PACOTE COMPLETO (Parte Terrestre e Aérea);

2 - Não será permitido desvincular do PACOTE a Parte Terrestre ou Parte Aérea;

3 - Por ser tratar de um grupo, a Cia. Aérea tem como regra, exigir que todos os passageiros do grupo embarquem na mesma data no trecho da ida. Sendo assim, não é possível embarcar antes do grupo;

4 - A Cia. Aérea libera a remarcação da data da volta (STOP no bilhete); Consulte a CAPRICE TURISMO.

5 - A remarcação da volta esta sujeito à disponibilidade e cobrança de taxas por parte da Cia. Aérea.

6 - Por se tratar de bloqueio aéreo de grupo a CAPRICE TURISMO não consegue marcar os assentos. Desta forma, os assentos podem ser marcados diretamente no balcão da Cia aérea no momento do Check-in ou via internet á 24 horas antes do embarque caso esteja disponibilizado.

 

MOEDA A SER UTILIZADA NESTA VIAGEM:

1 - A moeda que poderá ser utilizada nesta viagem será: Dólar
*OBS: As notas de dólares utilizadas na viagem deveram ser as atuais, ou seja as de “cara grande”, outras notas poderão não ser aceitas. Para maiores informações acesse:
https://www.youtube.com/watch?v=_K3T0TBdfi4 ou consulte a CAPRICE TURISMO.



VALOR DO PACOTE POR PESSOA:

U$ 3.890,00 dólares

Para acomodação em quarto duplo.

Para acomodação em quarto Single (individual), acréscimo de U$ 700,00

 

FORMAS DE PAGAMENTO:

- Nas opções de pagamentos abaixo o valor das parcelas serão na moeda do pacote;

- O valor da parcela será convertido para Reais com base no câmbio da moeda do pacote, do dia do pagamento, que diariamente estará disposto no site da Caprice Turismo -  www.capricetour.com.br

- Os pagamentos poderão se efetuados através de depósito, Pix ou transferência bancária;

 

1ª Opção: Parcelamento do valor total do pacote.                                                                                                 

- Nesta opção, você poderá parcelar o valor do pacote sem juros até 30 dias antes do embarque;

- A quantidade de parcelas serão os meses que antecedem a viagem;

- Veja abaixo a tabela com os valores das parcelas de acordo com o mês de inicio dos pagamentos:

                                                                                                 

 PARA FECHAMENTO DO CONTRATO EM:

QUANTIDADE DE PARCELAS

VALOR

MOEDA

jul/21

9  Parcelas

432,22

Dólar

ago/21

8  Parcelas

486,25

Dólar

set/21

7  Parcelas

555,71

Dólar

out/21

6  Parcelas

648,33

Dólar

nov/21

5  Parcelas

778,00

Dólar

dez/21

4  Parcelas

972,50

Dólar

jan/22

3  Parcelas

1.296,67

Dólar

fev/22

2  Parcelas

1.945,00

Dólar

mar/22

1  Parcela

3.890,00

Dólar

                                                                                                       

2ª Opção: Parcelamento de 60% do valor do pacote e saldo de 40%.

- Nesta opção, você poderá parcelar 60% do valor do pacote sem juros até 60 dias antes do embarque;

- O saldo restante de 40% do valor do pacote, poderá ser pago a vista até 30 dias antes do embarque ou parcelado em até 12 vezes através de Cartão de Crédito, com acréscimo. Consulte-nos.

 

3ª Opção: Entrada de 40% do valor do pacote e saldo de 60%.

- Entrada de 40% do valor do pacote, que poderá ser dividido em até 2 vezes.

- Saldo de 60% do valor do pacote, que deverá ser quitado até 45 dias antes do embarque.

 

4ª Opção: Parcelamento via Cartão de Crédito.

- Pagamento via Cartão de Crédito com acréscimo. Consulte-nos.

- Possibilidade de estender os pagamentos em mais vezes após o embarque, com acréscimo.

 

5ª Opção: Parcelamento Personalizado.

- Informe as suas possibilidades de pagamentos, para que possamos adequar um plano personalizado.  Consulte-nos.

                                                                                                                    

 

Para maiores informações, consulte nossos agentes de viagens.

PERFIL DESTE GRUPO: CULTURAL - NÃO RELIGIOSO / CATEGORIA PREMIUM

Se desejar uma viagem tranquila neste aspecto, esta é a sua viagem.

 

Os integrantes deste grupo poderão professar diferentes religiões e fé, bem como ateus e aventureiros que apreciam conhecer lugares históricos e exóticos sem contexto religioso dogmático.

Embora seja para um destino que tem tudo a ver com assuntos bíblicos, este grupo não terá característica religiosa doutrinária.

 

Este estilo de viagem foi formulado por CARLOS CAPRICE, após verificar em nossos grupos religiosos ao longo de anos, que muitos nos confidenciavam que desejavam participar de uma viagem mais tranquila, na questão religiosa, embora fossem Católicos praticantes ou Evangélicos Protestantes.  Foi neste momento que Carlos Caprice percebeu que havia pessoas religiosas, fiéis à sua doutrina, mas não desejavam estar em um grupo religioso para Israel ou Egito ou qualquer outro lugar. Por outro lado, muitos convidados em visitar a Terra Santa, com um grupo religioso de paróquias ou igrejas evangélicas, não aderiam ao grupo, justamente por não desejarem uma viagem religiosa, em cujo dia a dia teriam missas, cultos, orações e rezas nos lugares visitados.

 

Por este motivo foi criado este tipo de viagem, direcionada para pessoas que desejam visitar Israel em uma viagem não dogmática e sem manifestações religiosas quaisquer. Carlos Caprice elaborou uma programação especifica, que além de contemplar os principais pontos bíblicos, acrescenta lugares históricos não religiosos, impossível de visitar com grupos religiosos, quer seja por falta de tempo ou interesse, como pode ser verificado no nosso roteiro específico. 

 

Não haverá missas, cultos, rezas, orações, canções religiosas ou qualquer outro tipo manifestações religiosas em grupo, como parte do roteiro e programação oficial, contudo nada impede que em cada lugar visitado após explicações, cada um possa ter no tempo livre, um momento particular e pessoal para orações, rezas ou contemplação.

 

Dentro do ônibus não será permitido manifestação religiosa em respeito a todos, e boa convivência.

Embora visitem lugares bíblicos históricos, sítios arqueológicos bíblicos e fatos relacionados à Bíblia, os guias falará apenas das histórias dos locais visitados e fará explicações não dogmáticas.

 

Contudo não deixaremos de abordar fatos bíblicos históricos, por exemplo: Estando em Belém abordaremos o nascimento de Jesus; em Nazaré, a Anunciação de Maria; em Jerusalém fatos relacionados com a vida de Jesus e sua crucificação; entre outros temas históricos dentro de um contexto histórico sem levar para o lado religioso, pois sabemos que cada vertente pode interpretar o mesmo assunto de forma diferente.  A análise religiosa ficará por conta dos visitantes.

 

Uma viagem com este perfil contemplará bem mais lugares de visitas do que as de grupos com perfis religiosos. 

Entre os motivos está principalmente o fator do tempo destinado a visitas religiosas e por tanto mais demoradas.

 

Nossa oferta de grupo cultural - não religioso continua sendo pioneiro no Brasil. Hoje representa 60% dos nossos grupos para Israel.

 

Para o mesmo destino temos outras viagens religiosas com missas, cultos e etc. Consulte-nos!

 

CATEGORIA PREMIUM:

Neste pacote de viagem a classificação dos hotéis serão 4**** Estrelas Standard.

As refeições serão boa qualidade.

Café da manhã e jantar nos hotéis, e almoço em restaurantes locais.

s