Israel

ISRAEL

Nome: Estado de Israel (Medinat Yisra'el)

Localização: Oeste da Ásia (Oriente Médio). Faz fronteira com Líbano, Síria, Jordânia e Egito, além dos territórios palestinos de Gaza e Cisjordânia. 
Superfície: 27.800 quilômetros quadrados;
População: 7.169.556 milhões de habitantes
Capital: Tel Aviv e Jerusalém. Israel considera que sua capital é Jerusalém, com 567.100 moradores, mas a cidade não é reconhecida como capital pelas Nações Unidas. 
Língua: Hebraico.

Nacionalidade: Israelense
Data Nacional: 14 de maio - Dia da Independência

Religião: Judaísmo (Jewish) 81%, Islamismo (Muslim) 14,5% (maioria sunita; mostly Sunni Muslim), Cristianismo (Christian) 2,9%, drusos e outras 1,6% (1996).

Dia de descanso: sábado.

Área total: 20.770.00 quilômetros quadrados.

Bandeira: foi inspirada no desenho do xale de orações judaico (talit), com uma Estrela de David (Maguen David) azul.

Um dos destinos mais atraentes do mundo para viajantes que buscam fugir de roteiros comuns, um misto de cultura, história e fé, assim é Israel. O país, inegavelmente, tem características únicas e um turismo muito singular. Local onde a todo instante a modernidade cruza o caminho de tradições descritas há milênios em livros sagrados. Viajar por Israel é mergulhar de corpo e alma em histórias milenares inesquecíveis.

Uma das grandes belezas do país é poder conhecer uma impressionante variedade de cidades e culturas convivendo dentro de seu pequeno território. Israel oferece ao viajante uma infinidade de locais históricos religiososresortssítios arqueológicosmuseus. Prepare-se para uma viagem incomum e emocionante. Uma viagem que te levará ao encontro de histórias milenares que, até hoje, se mantêm naquela pequena porção de terra, chamada de a Terra Santa. Todo visitante logo percebe que esse é um país único. Para muitos, Israel é um destino que faz parte da viagem de uma vida.

A infraestrutura turística é excelente. Já a cozinha é leve, saborosa e saudável, com muitos pratos conhecidos dos nossos restaurantes árabes, como os onipresentes falafel homus.

São incontáveis os pontos turísticos a serem visitados no país, porém as maiores partes dos cristãos que vão a Israel visitam: O famoso Mar Morto, que esta localizada a 400 metros abaixo do nível do mar mediterrâneo e é o ponto mais profundo da terra, com águas tão salobras que é praticamente impossível afundar nelas. A fortaleza de Massada, que fica no alto de uma montanha palco da heroica resistência Judaica à invasão Romana em 73 D.C, onde cerca de 900 zelotes preferiram a morte a cair nas mãos dos Romanos; No alto desta fortaleza conheceremos o palácio de Herodes e também as construções da época da invasão romana. Em direção ao norte temos Qunram, onde em 1947 foram descobertos os famosos pergaminhos do mar morto. Ainda no norte, podemos andar por Nazaré e sua história. Em Caná da galileia podemos ver as ruínas de uma antiga sinagoga de dois mil anos, onde segundo o livro de S. Joao - cp.6 foi palco do milagre do vinho. O lago da galileia, foi nas margens desse lago que Jesus recrutou quatro de seus 12 apóstolos, as mesmas águas foram acalmadas pelo próprio Jesus em meio a uma grande tempestade, e operou dentre outros muitos milagres. O Monte das Bem-Aventuranças onde se passou todo o capitulo 5 de S. Mateus. Ás margens do Rio Jordão e comtemplam ali toda sua história. Em Cafarnaum, nos confins de Naftali e Zebulion encontram-se ruínas de dois mil anos, e onde foi residência de Pedro, cidade que Jesus adotou logo após ser expulso de Nazaré. A Fortaleza de Megido, onde ficava o palácio do rei Salomão por volta de 980 a.C. Nesta fortaleza, muito antes de Salomão, foi uma cidade Cananita, um povo antigo que remete a descendência de Canaã, um dos filhos de Noé. Neste local ainda temos visível altares de sacrifícios cananita. As belas ruínas de Cesarea Marítima, cidade construída por Herodes as margens do mediterrâneo, local da antiga residência de Pilatos e local onde Paulo esteve preso por dois anos. Em Belém a igreja da Natividade, que é a primeira igreja construída em Israel, datada do ano de 340 d.C, que guarda em seu interior a gruta que é  exato lugar do nascimento de Jesus.

Jerusalém é o principal destino dentro de Israel, à cidade respira fé e é um verdadeiro caldeirão cultural, já que abriga templos, santuários e monumentos importantes para muçulmanos, judeus e cristãos. São muitos lugares para visitar em Jerusalém, dentre os mais visitados estão: o Monte das Oliveiras, a Igreja da Ascensão, a Basílica de Todas as Nações, a Igreja de Santa Ana, Capela da Flagelação, a Via Dolorosa, Basílica do Santo Sepulcro, o Monte Morià, onde no passado o rei Salomão construiu o famoso templo de Jerusalém, local hoje ocupado pela famosa mesquita de Omar de Cúpula Dourada, No subterrâneo da cidade de  Jerusalém  encontra-se as escavações arqueológicas da famosa cidadela de David no vale do Cedron, residência deste soberano que reinou 7 anos em Hebron e mais 33 anos em Jerusalém. Temos ainda o tanque de Siloé, no vale do rei, com um túnel com mais de dois mil anos de história da época do templo de Jerusalém, que nos leva até próximo ao famoso muro das lamentações e a muralha ocidental da cidade antiga de Jerusalém.

Por onde quer que se vá a segurança é extrema, a beleza e emoção andam lado a lado com quem viaja por Israel. Apesar de eventuais dores de cabeça com bloqueios nas estradas e revistas do exército, Israel é certamente mais seguro para o turista do que qualquer outro lugar no mundo.